ad16
CulturaGeral

Prorrogadas até 21/06 as inscrições para o Prêmio Fundação Banco do Brasil de Tecnologia Social 2013

[ad#336×280]As inscrições para o Prêmio Fundação Banco do Brasil de Tecnologia Social 2013, que se encerrariam dia 31 de maio, na próxima sexta-feira, foram prorrogadas até 21 de junho 2013. Os projetos vencedores receberão R$ 80 mil, cada. A novidade desta 7ª edição é a premiação também para o segundo e terceiro colocados, em cada categoria (R$ 50 mil e R$ 30 mil, respectivamente). No total, serão destinados R$ 800 mil para aperfeiçoamento ou reaplicação das tecnologias sociais premiadas. As tecnologias finalistas receberão, ainda, um ultrabook, além de troféu. As inscrições devem ser realizadas por meio do portalwww.fbb.org.br/tecnologiasocial e podem participar instituições legalmente constituídas no País, de direito público ou privado, sem finalidades lucrativas.

O Prêmio é realizado em parceria com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social – BNDES, a Petróleo Brasileiro S.A. – Petrobrás, a KPMG Auditores Independentes, além da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura -Unesco. Em seis edições, a Fundação BB já investiu R$ 2,4 milhões em premiações. De caráter bienal, o Prêmio valoriza e ajuda a difundir tecnologias sociais já aplicadas, implementadas em âmbito local, regional ou nacional, que sejam efetivas na solução de questões relativas a alimentação, educação, energia, habitação, meio ambiente, recursos hídricos, renda e saúde. A premiação, criada em 2001, é o principal instrumento de identificação e certificação de tecnologias sociais da Fundação Banco do Brasil.

As inscrições recebidas até dia 21 de junho passarão pelas seguintes etapas:

FBB
FBB

Certificação – Todas as inscrições passam por esta etapa. As inscrições que forem certificadas como tecnologia social serão inseridas no Banco de Tecnologias Sociais receberão um Certificado de Tecnologia Social e passarão, automaticamente, a concorrer à etapa de seleção das finalistas do Prêmio.

Seleção das finalistas – As tecnologias sociais certificadas na etapa anterior serão pontuadas segundo os critérios de efetividade, nível de sistematização da tecnologia e resultados qualitativos e quantitativos. Serão declaradas finalistas as 3 tecnologias, por categoria, que obtiverem as médias mais elevadas.

Julgamento das vencedoras – As tecnologias sociais finalistas serão pontuadas segundo os critérios de inovação, nível de envolvimento da comunidade, transformação social e potencial de reaplicabilidade. A tecnologia com maior pontuação média, em cada categoria, será declarada vencedora.

Botão Voltar ao topo
Quer falar a Redação? Comece aqui

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Publicidade