ad16
DestaquesTodas as Notícias

Saúde de Picos promove blitz educativa alusiva a campanha Janeiro Roxo

 Pronto Atendimento Médico de Picos (PAM) realizou na manhã desta quarta-feira, 26 de janeiro, uma blitz educativa relativa a campanha do Janeiro Roxo. A ação foi desenvolvida nas proximidades da Igrejinha do Sagrado Coração de Jesus. E objetivou chamar a atenção da população para a conscientização, prevenção e diagnóstico precoce da hanseníase.

O Coordenador do PAM, Gilberto Valentim, falou sobre a ação realizada. De acordo com o gestor, o mês de janeiro foi escolhido mundialmente para combater a hanseníase, sendo que cada município escolhe uma melhor data para realizar as ações.

“A gente está comemorando o Dia Mundial da Campanha do Combate a Hanseníase, todo munícipio escolhe uma data para fazer essas ações, e hoje estamos trabalhando essa blitz educativa, com panfletagem a respeito dos principais sintomas da doença. Pensamos em fazer essa blitz, por causa da pandemia, para evitar aglomerações, pois estamos distribuindo os panfletos nos veículos sem muito contato. O principal objetivo da nossa ação é alcançar o público que não vai até os serviços de saúde, para que nós possamos pegar esses casos que estão na demanda reprimida”, explicou o Coordenador.

Por fim, Gilberto Valentim, conta como as pessoas podem ter acesso aos serviços do PAM. Segundo ele, o paciente que precisar deste atendimento médico especifico pode ir direto ao Pronto de Atendimento Médico mesmo sem encaminhamento. “O PAM funciona de portas abertas para qualquer pessoa, as pessoas que apresentarem manchas avermelhadas, pele ressecada, sensação de ardência, formigamento, e sensação de perda de sensibilidade e outros sintomas, podem se direcionar ao PAM para receber atendimento mesmo sem encaminhamento médico, pois a maioria dos pacientes que recebemos no posto são de demandas livres”, finalizou o Coordenador.

Coordenador do PAM, Gilberto Valentim (Foto: Maria Ivonete)

Atividades realizadas pelo PAM em 2021

Veja o relatório na íntegra!

Relatório 2021

O PAM durante o ano de 2021 diagnosticou 64 casos novos de hanseníase, destes, 45 são dos municípios da macrorregião, e 19 de Picos. Os casos diagnosticados no ano de 2021 estão distribuídos da seguinte forma: os casos de Picos são: 01 caso paucibacilar, e 18 casos multibacilares, um percentual de 94% nas formas multibacilares que são as formas transmissíveis da doença.  

Já os casos da macrorregião, estão distribuídos nos seguintes municípios: Alegrete 03, Aroeiras do Itaim 01, Caridade do Piauí 01, Conceição do Canindé 01, Colônia do Piauí 01, Caldeirão Grande 01, Geminiano 03, Fronteiras do Piauí 01, Inhuma 01, Itainópolis 04, Oeiras 01, Jaicós 02, Jacobina, 02, Lagoa do Barro 01, Monsenhor Hipólito 01, Patos do Piauí 02, Pio IX 03, Simões 02, Sussuapara 01, Santa Cruz do Piauí 02, São Julião 01, Paulistana 01. Destes casos, 11 são classificados em paucibacilares e 34 casos multibacilares, ou seja, um percentual de 75,55% dos casos nas formas transmissíveis da doença, que mantém a cadeia de transmissão em toda a região do Território Vale do Guaribas.

Fonte: CCOM – PMP

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.