ad16
GeralTodas as Notícias

TRE cassa prefeito que comprou voto com o ‘Minha Casa Minha Vida’

O TRE-PI manteve a cassação do prefeito de Marcos Parente, Manoel Emídio de Oliveira, acusados em AIJE (Ação de Investigação Judicial Eleitoral) pelos crimes eleitorais de abuso de poder econômico, abuso de poder político, autoridade e captação ilícita de sufrágio (compra de votos).

Manoel Emídio de Oliveira, ´prefeito de Marcos Parente - Foto: Reprodução

À unanimidade, a Corte do TRE-PI negou provimento ao recurso da defesa para manter a sentença de piso.

Os gestores foram cassados em 2014 pelo uso promocional do programa “Minha Casa Minha Vida” do Governo Federal, que contemplou 52 famílias com a construção de casas populares e a promessa de doação de lotes de terrenos com o fim eleitoreiro e ainda o início da obra de esgotamento sanitário e a reforma do mercado público do município no período eleitoral.

A acusação foi feita pelo advogado Raimundo Júnior.

Fonte: 180 Graus

Etiquetas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
Fechar
Publicidade