ad16
GeralTodas as Notícias

“Vai chegar a hora da onça beber água”, afirma Wellington Dias sobre inflação

O petista avaliou que o Brasil tem vivido um “falso” crescimento econômico e acrescentou que se aproxima o momento no qual os governantes deverão tomar medidas para conter a alta nos preços. 

O governador Wellington Dias (PT) se mostrou preocupado com o aumento da inflação no país nesta quinta-feira (04).  O petista avaliou que o Brasil tem vivido um “falso” crescimento econômico e acrescentou que se aproxima o momento no qual os governantes deverão tomar medidas para conter a alta nos preços. 

“Devemos ter todo um cuidado, pois estamos vivendo um instante de um crescimento econômico falso, porque ele está sustentado no crescimento da inflação […]O problema é que vai chegar a hora da onça beber água, como se diz, vai chegar a hora que vamos ter que adotar medidas para conter a inflação e teremos uma situação muito delicada”, frisou o gestor.

Foto: Roberta Aline/ Cidade Verde

Para lidar com o cenário no Piauí,  Wellington Dias afirmou buscar sintonia com a Assembléia Legislativa do Piauí (Alepi) de forma que orçamento proposto e analisado pelos deputados seja concluído conforme a realidade econômica no pós-pandemia. O governador também acrescentou que esse processo é delicado, pois o grupo deverá elaborar uma proposta que seja “um passo do tamanho da perna”. 

“O orçamento estamos acompanhando para que tenhamos uma sintonia com a realidade, estamos preocupados e faremos reajustes para recuperação do poder de compra dos servidores. Isso vai impor um cuidado e uma responsabilidade porque é preciso dar um passo do tamanho da perna. Todo mundo aplaude quando pagamos em dia, dentro do mês, e temos que continuar”, declarou. 
 
Cronograma

O governo do estado prepara a proposta de orçamento que será encaminhada à Alepi. Estava marcada para esta quinta-feira (04) uma reunião na Comissão de Constituição e Justiça (CJJ) na qual seria apresentada a proposta de cronograma para o debate sobre o Orçamento do Exercício de 2022. O encontro, no entanto, foi adiado. 

De acordo com um documento obtido pela reportagem, a proposta de cronograma para o debate é a seguinte: 

  • 22/11: Audiência pública para debater para debater o Projeto de Lei que estima a receita e fixa a despesa para o exercício financeiro de 2022; 
  • 23/11: Para protocolo de emendas parlamentares ao PL que estima a receita e fixa a despesa para o exercício financeiro de 2022;
  • 06/11: Apresentação do Relatório de Aprovação na reunião da Comissão de Fiscalização e Controle, Finanaça e Tributação;
  • 22/11: Votação em plenário do Orçamento de 2022.

Fonte: Paula Sampaio/Cidade Verde

Botão Voltar ao topo
Quer falar a Redação? Comece aqui

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Publicidade