PolíticaTodas as Notícias
Últimas

Valença: Fraude em cota de mulheres leva Piauí a ter 1ª posse de novos vereadores

A fraude nas eleições da cidade de Valença, distante 100 quilômetros de Picos, se deu no preenchimento da Lei de Cotas de Gênero.

[pro_ad_display_adzone id=”159073″ align=”left”]Após o Tribunal Regional Eleitoral do Piauí cassar duas chapas suspeitas de praticar fraude nas eleições municipais da cidade de Valença, nesta quarta-feira (4) seis novos vereadores foram empossados no município.

Com a decisão do TRE, proferida no mês passado, seis do 11 vereadores da cidade perderam o mandato. Hoje foram diplomados e empossados Joaquim Filho  (PTB), Edilsa do Vale (MDB), Geane Vieira (PT), Iara Costa (PP), Garotinho Johny (SD) e Vanildo Castro SD, o que renova em mais de 50% o legislativo  municipal.

Após recotagem de votos, foi constatado que os seis novos vereadores foram os mais votados na eleições 2016 do município. A eleição da nova mesa diretora da Câmara Municipal deve ser realizada na sexta-feira (6).

A fraude nas eleições da cidade de Valença, distante 100 quilômetros de Picos, se deu no preenchimento da Lei de Cotas de Gênero. Mulheres se candidataram apenas como “laranjas” e não chegaram sequer a fazer campanha eleitoral.

Na decisão, o pleno do TRE entendeu que essas candidaturas, ainda que fantasmas, interferiram no resultado das eleições.  Os parlamentares cassados foram: Raimundo Nonato, Leonardo Nogueira, Fátima Caetano, Benoni Sousa, Ariana Sousa e Stênio Romel.

As coligações cassadas foram formadas pelos partidos PTC / PPS / PRB / PROS / PSC [Compromisso com Valença I]  e PMN/ PSB / PDT / PSL / PR / PSDB[Compromisso com Valença II].

Tags
LER MATÉRIA COMPLETA

Leia Também