ad16
DestaquesGeral

Vídeo mostra desespero de testemunhas diante do acidente na BR 343

[ad#336×280]O micro-ônibus ardia em chamas e testemunhas assistiam à cena, impotentes. Um cinegrafista amador registrou momentos após o acidente ocorrido ontem (13), na BR 343, quando, aparentemente, os sobreviventes já haviam sido socorridos. Mesmo assim, o vídeo mostra um grupo de pessoas em total desespero, ao se depararem com corpos presos às ferragens.

Falavam em prestar socorro, mas temiam uma explosão. “Vai explodir! O ônibus vai explodir!”, diziam os populares ao ouvirem estampidos.

O grupo achou até que havia crianças dentro do veículo, em razão da inscrição “Escolar” na lataria do micro-ônibus. “Tem que tirar a criança. A criança vai morrer carbonizada. Tem que tirar o corpo dela”, grita um deles. Contudo, o micro-ônibus transportava apenas universitários.

Alguém tenta explicar que não há mais nada a se fazer: dentro do veículo, não havia mais ninguém com vida.

Pouco depois, um homem toma a iniciativa de chamar as pessoas para suspenderem o veículo e desprenderem o corpo que estava visível.

Juliete (à esquerda), que morreu no acidente, e Janaína, que sobreviveu
Juliete (à esquerda), que morreu no acidente, e Janaína, que sobreviveu

O motorista do Hospital Regional de Amarante, Francisco de Sousa Carvalho, disse ontem à reportagem de ODIA que chegou ao local antes do fogo tomar conta dos veículos. Ele lavava a ambulância da unidade de saúde quando foi avisado do acidente na rodovia. Com o extintor da própria ambulância, Francisco tentou em vão conter as chamas.

Foram os populares que conseguiram retirar alguns estudantes do emaranhado de ferros retorcidos.

A universitária Maria da Cruz R. dos Santos foi salva antes que o incêndio chegasse até ela. Com o braço esquerdo esmagado e uma perna fraturada, foi resgatada e transferida para o Hospital de Urgências de Teresina (HUT). Ainda ontem, ela teve o membro amputado.

Confira o vídeo:

Fonte: Vídeo: Gustavo Nunes

Botão Voltar ao topo
Quer falar a Redação? Comece aqui

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Publicidade