ad16
DestaquesTodas as Notícias

Vítima de choque elétrico teve 15% do corpo queimado

Um homem de 36 anos teve 15% do corpo queimado após sofrer uma forte descarga elétrica em um fio de alta tensão no bairro Canto da Várzea, em Picos, na tarde dessa quarta-feira (30). Segundo a comandante do Corpo de Bombeiros da cidade, capitã Ana Cleia Diniz, o homem “nasceu de novo”. A Eletrobras destacou que a intervenção não foi autorizada e que vai apurar o que aconteceu.

A capitã explicou que foi a Eletrobras que fez o primeiro atendimento. Os técnicos da empresa informaram aos bombeiros que ele levou um choque na rede de alta tensão, mas ficou preso à baixa tensão, por isso não houve consequências piores. “Foi muita sorte, ele nasceu de novo porque poderia ter sido muito pior”, declarou a militar.

Homem ficou pendurado no poste
Homem ficou pendurado no poste

Segundo os bombeiros, ele fazia serviços particulares não autorizados e não usava equipamentos de segurança. Após ser retirado do poste, os bombeiros conduziram o homem ao Hospital Regional Justino Luz, em Picos. A unidade de saúde informou que ele foi transferido ao Hospital de Urgência de Teresina (HUT) ainda na noite de ontem.

Segundo o HUT, o homem está consciente e orientado e está recebendo curativos na Unidade de Tratamento de Queimados. Ele sofreu queimaduras de segundo e terceiro graus no rosto, pescoço, tronco, braços e pernas. Não há previsão de alta.

A Eletrobras destacou que o local onde o homem foi resgatado não precisava de reparos.

A Eletrobras Distribuição Piauí lamenta o acidente com descarga elétrica ocorrido com Pedro Ferreira nesta quarta-feira (30), em Picos, região sudeste do Estado.

Esse foi mais um caso de intervenção de terceiro na rede elétrica sem autorização da Distribuidora. A vítima foi resgatada com vida por colaboradores da Eletrobras Piauí e foi hospitalizada.

É importante destacar que a obra na qual o Pedro interveio é particular e não necessitava de reparo de equipes da Eletrobras.

A Empresa alerta para os riscos de terceiros não autorizados intervirem na rede elétrica.

A área técnica da Eletrobras está apurando os fatos. Dependendo dos resultados, a Distribuidora tomará as providências legais e administrativas cabíveis.

O corpo de bombeiros alertou também para que ninguém tente fazer reparos ou ligações de energia, em especial na rede de alta tensão. “Apenas o pessoal técnico da Eletrobras pode e sabe fazer esse serviço. Além de ser proibido, é um risco muito grande. Mesmo os eletricistas comuns, que fazem instalações em casas, não podem fazer isso”, explicou.

G1 Piauí 

Etiquetas
Botão Voltar ao topo
Fechar
Publicidade