ad16
https://ead.uninta.edu.br/
AutoPECASonline24.pt
GeralTodas as Notícias

Ajuda para as vítimas de violência doméstica

Esse problema geralmente piora quando as pessoas precisam ficar mais tempo em casa, como agora durante a pandemia.

“A violência contra as mulheres é um problema de saúde global de proporções epidêmicas” e exige uma ação urgente — é isso o que diz a Organização Mundial da Saúde (OMS).

Esse problema geralmente piora quando as pessoas precisam ficar mais tempo em casa, como agora durante a pandemia. Segundo uma estimativa da OMS, “quase um terço (30%) das mulheres que estiveram em um relacionamento relatam ter sofrido alguma forma de violência física e/ou sexual na vida por parte de seu parceiro”.

Foto relativo à violência doméstica – Foto: Cortesia das Testemunhas de Jeová .

Só no Estado de São Paulo, as autoridades relataram um aumento de 44,9% no atendimento a mulheres vítimas de violência; o total de socorros prestados passou de 6.775 para 9.817 durante o mês de março, em comparação com o mesmo período do ano passado. No Rio de Janeiro, foi registrado um aumento de 50% no número de casos durante o período de confinamento. (Fonte: Fórum Brasileiro de Segurança Pública e TJ-RJ)

As estatísticas podem dar uma ideia do tamanho do problema da violência doméstica, mas os números não chegam nem perto de descrever a dor física e emocional que as vítimas sofrem.

Você é uma dessas vítimas? Ou conhece alguém que sofre com esse problema? Então, clique nos links a seguir e veja como a Bíblia pode ajudar em casos assim.

A culpa não é sua

Seu agressor é o culpado, e não você. Se o seu parceiro culpa você pelas agressões, ele está completamente errado. As mulheres merecem ser amadas, e não agredidas.

Procure ajuda

Se você sente que está correndo perigo ou não sabe o que fazer, outras pessoas podem ajudar você.

Como você pode ajudar alguém que sofre com a violência doméstica?

Ouça com atenção. Fale de modo positivo. Mostre que você se importa com ela. Fale sobre as qualidades que ela tem e incentive a pessoa a buscar ajuda. Faça coisas úteis pela pessoa e a incentive a tomar decisões. Leia mais em Ajuda para as vítimas de violência doméstica.

Francisco de Assis Pereira Neto, porta voz das Testemunhas de Jeová

Etiquetas
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade