ad16
DestaquesGeralTodas as Notícias

Aldo Gil cria rede de atendimento a menores vítimas de abuso e violência sexual e doméstica em Picos

Rede visa articular políticas públicas unificadas e ampliadas para evitar que casos desta natureza passem desapercebidos.

O Dia “D” de Combate à exploração sexual de crianças e adolescentes, celebrado nesta terça, 18/05, tem sido marcado por eventos alusivos à luta contra qualquer forma de violência contra os menores de idade, em especial no âmbito da convivência doméstica, onde, segundo estatísticas, silenciosamente, mais comumente crimes desta natureza são encontrados.

O agressor geralmente é parente da vítima, que sofre coação física e psicológica para não denunciar e vive aterrorizada.

Vítimas indefesas
Casos recentes, de grande repercussão nacional, como do menino Henry Borel, de apenas 4 anos, que sofreu abusos e violência até a morte, a despeito de conviver com a própria mãe, que também responde a processo pelo crime, e que não teve ninguém que o defendesse dos maus tratos provocados pelo padrasto, chocam o país e acendem o sinal de alerta sobre essa questão.

Esse caso reverbera a importância de se discutir e implantar, por todos os órgãos públicos, práticas que possam efetivamente proteger essas pequenas vítimas.

Em Picos
Na tarde de hoje o Secretário Municipal de Saúde, Aldo Gil de Medeiros, assinou os termos de cooperação do NASF (Núcleo de Apoio à Saúde da Família), CAPS (Centro de Atendimento Psicossocial), PAIM (Pronto Atendimento Infantil Municipal) e CLISAM (Clínica de Saúde da Mulher), para criar uma rede de atendimento e acompanhamento de menores que sofreram abusos sexuais e/ou violência doméstica.

Secretário de Saúde, Aldo Gil

O Secretário Aldo Gil comentou sobre a importância dessa integração. “Estamos avançando no combate à exploração sexual e à violência doméstica que tantas sequelas imprimem à alma de nossas crianças e adolescentes, fortalecendo essa rede de atendimento para estarmos prontos para identificar situações suspeitas, diagnosticar e denunciar quando for o caso, para que possamos preservar a saúde física e mental de nossos menores, protegendo-os de qualquer tipo de violência, para que cresçam saudáveis e aptos a se tornarem cidadãos felizes e de bem”.

O Secretário assinou os documentos necessários à reformulação da rede municipal de proteção à criança e ao adolescente, no âmbito da SMS, visando articular políticas públicas unificadas e ampliadas para evitar que casos desta natureza passem desapercebidos e possam ter o encaminhamento necessário para defender a integridade física, psicossocial e a vida desses menores.

Ccom PMP

Botão Voltar ao topo
Quer falar a Redação? Comece aqui

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Publicidade