ad16
AutoPECASonline24.pt
DestaquesGeralSaúde

Caminhada marca o Dia Nacional de Combate ao Tráfico de Drogas

[ad#336×280]Hoje se comemora no Brasil o Dia Nacional de Combate ao Crack. Em Picos, vários órgãos e entidades se uniram para promover uma caminhada pelas principais ruas do centro Picos destinada a alertar a população para os cuidados e os riscos de destruição que essa droga oferece.

Os participantes da 1ª Caminhada de Combate ao Crack distribuíram materiais informativos sobre as consequências do uso do crack, especialmente por crianças e adolescentes. A ação entra em sintonia com o programa do Ministério da Saúde de enfrentamento a essa droga: “Crack, é possível vencer”, estimulando a prevenção do uso de drogas para evitar futuras ações curativas.

“A melhor forma de prevenir é nunca usar o crack”, enfatiza Michelly Nobrega, coordenadora do Centro de Atenção Psicossocial Alcool e Droga – CAPSad.  Atualmente ó órgão acompanha cerca de 50 pacientes por dia

Na faixa, o tema abordado na caminhada-Foto: Romário Mendes
Na faixa, o tema abordado na caminhada-Foto: Romário Mendes

“A gente precisar quebrar esse tabu. Os pais e responsáveis precisam ter essa conversa em casa, dizer que o crack existe, está aí e é barato, e dizer também quais são as consequências para a vida de um adolescente e também de uma família quando se tem um viciado em crack dentro de casa”, pontua Michelly, alertando para a necessidade de diálogos abertos sobre uso de drogas.

No final da caminhada, aconteceram apresentações-Foto: Romário Mendes
No final da caminhada, aconteceram apresentações-Foto: Romário Mendes

Segundo Alcebíades Araújo, membro do Centro de Referência Especializado de Assistência Social – CREAS, o crack está em todas as classes sociais, sem escolha de classe ou cor. “A grande maioria das famílias que possuem usuários de drogas tem a mesma estrutura e enfrenta o mesmo problema os usuários enfrentam: sofrem ameaças de traficantes e são discriminadas pela sociedade”, diz ele.

Sinais

A coordenadora do CAPSad alerta para os sinais mais comuns em adolescentes que estão usando drogas: perda de interesse pelo trabalho e estudos; aumento da agressividade e ansiedade.

A caminhada é uma realização da Prefeitura de Picos, Câmara Municipal, CAPSad, secretaria de Saúde, Secretaria de Educação, secretaria de Trabalho e Assistência Social e Coordenadoria de Juventude. Também contribuíram o 4º BPM, o 3º BEC e o Rotary Clube.

Mímicos da Alegria também se apresentaram na caminhada-Foto; Romário Mendes
Mímicos da Alegria também se apresentaram na caminhada-Foto; Romário Mendes
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade