ad16
AutoPECASonline24.pt
Eleições 2016GeralPolíticaTodas as Notícias

Campanha do PSTU fortalece as lutas do povo, diz Daniel Solon

[ad#336×280]A quatro dias da eleição, o candidato a governador pelo PSTU, professor Daniel Solon, fez um balanço de sua campanha eleitoral e afirmou que está concluindo o período com a sensação de dever cumprido. Daniel ressaltou que a campanha do PSTU serve principalmente para fortalecer as lutas do povo pelas demandas imediatas.

Solon considera que o sistema eleitoral brasileiro é antidemocrático, pois, segundo ele, exclui os candidatos dos partidos menores, dando a eles menos tempo para aparecer na TV, deixa brechas para que seja praticada a compra de votos nos municípios e permite que haja o financiamento privado de campanha por empresas para os candidatos de coligações maiores, deixando a disputa desigual.

Candidato Daniel Solon-Foto: Cidade Verde
Candidato Daniel Solon-Foto: Cidade Verde

“Esses pontos acirram a eleição, escancaram como o sistema é antidemocrático. Mas mesmo assim estamos fazendo essa caminhada, chamando as pessoas para comparecerem às urnas para votarem numa alternativa. Quando se vota no PSTU se fortalece as lutas pelas necessidades do povo como saúde, educação, reforma agrária, transporte, direitos das mulheres, luta contra opressão, dentre outros. Esse é o voto útil” disse.

Questionado sobre como ele e seu partido estão trabalhando para mostrar à população os benefícios que um governo socialista pode trazer, Daniel disse que tem intensificado em suas caminhadas as explicações sobre este modelo de sociedade, dizendo que só desta forma os trabalhadores poderão governar.

Daniel esclareceu ainda que defende que alguns serviços essenciais aos cidadãos, como saúde e educação, sejam estatizados.

“O socialismo para gente é quando os trabalhadores governam e quando as riquezas são colocadas a serviço da classe trabalhadora. De imediato defendemos que a saúde, assim como educação, sejam colocadas como direitos e que esses direitos não sejam colocadas a venda, não pode existir hospital e instituição de ensino para lucrar. Tem que garantir esses serviços de forma pública e com qualidade” concluiu.

Cidade Verde

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade