ad16
GeralTodas as Notícias

Comarca de Picos implanta projeto “Reeducar: o Homem no Enfrentamento à Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher”

O objetivo do projeto é sensibilizar homens em processo judicial relacionado ao contexto de violência doméstica e familiar contra a mulher quanto ao reconhecimento e responsabilidade de tais práticas, por meio de ações educativas.

A 4ª Vara Criminal da comarca de Picos, em parceria com o Núcleo das Promotorias de Defesa da Mulher Vítima de Violência Doméstica e Familiar (Nupevid), do Ministério Público do Estado do Piauí (MPE-PI), e a Defensoria Pública do Estado do Piauí (DPE-PI) realizou, nesta terça-feira (22), o segundo encontro do projeto “Reeducar: o Homem no Enfrentamento à Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher”. O objetivo do projeto é sensibilizar homens em processo judicial relacionado ao contexto de violência doméstica e familiar contra a mulher quanto ao reconhecimento e responsabilidade de tais práticas, por meio de ações educativas.

De acordo com o juiz titular da 4ª Vara Criminal da comarca de Picos, Sérgio Fortes, “são realizadas rodas de conversa, compartilhamento de informações e debates com os homens autores de violência doméstica e familiar contra a mulher”. Inicialmente, oito homens foram selecionados para fazer parte do grupo reflexivo.

Reunião do projeto “Reeducar”

O tema deste encontro foi “O homem na atualidade”, tendo como facilitadora a promotora de justiça Romana Leite Vieira. A mediação ficou a cargo da equipe multidisciplinar Lei Maria da Penha, composta por Assistente Social e Psicóloga.

O juiz Sérgio Fortes enfatiza a importância desses encontros: “minha expectativa com a realização desses encontros é a de que não haja reincidências e que esses homens possam refletir sobre suas posturas violentas e assim evitá-las”.

Os encontros são realizados às terças-feiras, no auditório do Fórum da Comarca de Picos. As atividades realizadas nesses encontros utilizam recursos como exposição dialogada, exibição de vídeos, músicas reflexivas e dinâmicas de grupo, a fim de incentivar a participação dos membros, que tem sua identidade preservada.

Projeto

O Termo de Cooperação Técnica para a execução do projeto foi assinado em outubro, entre a 4ª Vara Criminal da comarca de Picos, Ministério Público Estadual e Defensoria Pública Estadual. Trata-se da replicação de trabalho semelhante executado pelo NUPEVID em Teresina. A parceria foi sugerida pelo servidor José Francisco do Nascimento, assistente social do Núcleo Multidisciplinar Lei Maria da Penha de Picos e pelo magistrado Sérgio Fortes, no IX Fórum Nacional de Juízas e Juízes de Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher, onde houve o acesso a experiências de grupos com homens autores de violência doméstica e familiar contra a mulher. A ação ocorre em outros Estados brasileiros e contribui também para o cumprimento da meta nº 8 do CNJ, por fortalecer o enfrentamento à violência doméstica e familiar contra a mulher.

Ascom TJ

Etiquetas
Botão Voltar ao topo
Fechar
Publicidade