ad16
AutoPECASonline24.pt
GeralTodas as Notícias

Encerra hoje prazo para negociar débitos na Agespisa

[ad#336×280]Encerra nesta segunda-feira, 30, o prazo estipulado pela Agespisa para os consumidores em débito com a empresa participem da campanha de parcelamento de débito. O prazo iniciou em fevereiro e até agora R$ 8 milhões foram negociados, segundo dados da empresa. Quem não procurar a Agespisa para negociar, está passível a sansões administrativas, que vão desde a inscrição ao Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) ao corte do abastecimento de água.

De acordo com o superintendente comercial da Agespisa, Raimundo José Freitas, a campanha foi lançada com o objetivo de oportunizar negociação com os clientes que possuem dívidas com a empresa. Somente poderiam participar da campanha, fazendo o parcelamento da dívida, os consumidores que tivessem contas vencidas até o dia 31 de janeiro deste ano. “As pessoas estão comparecendo, sobretudo nessa reta final. Conseguimos negociação com mais de 20 mil usuários, totalizando uma negociação no montante de R$ 8 milhões, entre pagamentos a vista e parcelado”, contabiliza Raimundo José.

Agespisa - Foto/ Reprodução
Agespisa – Foto/ Reprodução

As regras especiais beneficiam clientes que tenham, no mínimo, seis contas em atraso. Quem optar pelo pagamento a vista terá desconto de 20% no valor acumulado e 100% de desconto nos encargos de juros, multa e correção monetária. Para isso, o usuário deverá procurar os postos de atendimento da Agespisa na capital e interior, que funcionam de segunda a sexta-feira, das 7:30 horas às 18 horas.

Ao todo, segundo dados da Agespisa, a empresa tem cerca de R$ 200 milhões a receber. No entanto, parte dos recursos já são considerados “irrecebíveis” pelos dirigentes da empresa. “São locais que estão abandonados, por exemplo. O índice de negociação até agora não é o desejável, mas já é bem vindo”, pontua o superintendente. Para negociar, basta apenas apresentar a identidade, CPF e o número da matrícula, que pode ser obtido em qualquer uma das faturas da Agespisa.

Com os recursos, a Agespisa planeja investir em melhorias no sistema de abastecimento e distribuição de água, tanto na capital quanto no interior, que é ainda é alvo de muitas críticas por parte dos usuários. A empresa alerta que, após o fim do prazo de negociação, adotará todas as medidas administrativas contra os usuários inadimplentes. “Além de ficar inadimplente, o usuário terá o nome enviado ao SPC e também poderá ter o fornecimento de água suspenso. A Agespisa não tem como realizar um serviço sem receber por ele”, argumenta, ressaltando que várias oportunidades já foram oferecidas pela companhia para buscar a adimplência dos consumidores.

Repórter: Mayara Martins – Jornal O Dia

 

 

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade