ad16
AutoPECASonline24.pt
DestaquesGeral

Exclusivo! Justiça liberta Joel

Joel
Fotojornalista Joel foi vítima de engano - Foto: Arquivo pessoal

O fotojornalista Joel Marques Cardoso, acusado de envolvimento no tráfico de drogas na região de Picos, deixou as dependências da Delegacia de Entorpecentes de Teresina por volta das 21h desta quarta-feira (15).

Segundo informações da família, Joel já está na casa de uma tia, no bairro Jóquei, e só retorna a Picos na sexta-feira (17). Apesar da liberdade, o fotógrafo ainda deve voltar à delegacia nesta quinta-feira (16) para gravar o aúdio que será utilizado pela perícia para análise técnica de sua voz. Objetivo é identificar se a voz registrada em escutas telefônicas pertence ao estudante de jornalismo.

Por volta do meio dia desta quarta-feira o delegado de Entorpecentes, Samuel Silveira, esteve em Picos e se reuniu com o promotor Elói Pereira de Sousa Júnior e com o juiz da 4ª Vara da Comarca de Picos, Tiago Brandão, para tratar de assuntos referentes à Operação Segor – deflagrada no dia 9 de fevereiro e que levou à prisão 16 pessoas de Teresina, Picos e cidades circunvizinhas, entre elas o fotógrafo Joel.

Entenda o caso

Joel Marques Cardoso foi preso durante operação que visava desarticular esquema de tráfico de drogas, roubo de cargas, pistolagem e venda de medicamentos. Conhecido como pacato, Joel é coordenador de grupos religiosos, estudante universitário do último período do curso de Jornalismo e também atua na cidade de Picos como fotógrafo.

De acordo com a família, sua prisão foi baseada em escutas telefônicas realizadas a partir de uma linha telefônica cadastrada em seu nome. No entanto, o aparelho celular havia sido perdido e supostamente vinha sendo utilizado por pessoas relacionadas ao tráfico de drogas. Ainda segundo a família, Joel não chegou a registrar Boletim de Ocorrência (B.O) ou mesmo cancelar a linha.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade