ad16
DestaquesGeralPolícia

Família protesta e cobra resposta para assassinato de açougueiro

[ad#336×280]Quem matou Pedro Sabino da Costa Silva? Essa é a pergunta que a família de “Pedim Açougueiro”, morto com um tiro na cabeça no dia 27 abril, faz à sociedade de Picos, cidade localizada na região Centro-Sul do Piauí. E a pergunta vem acompanhada de um apelo: “Queremos justiça!”.

O desespero e a dúvida levaram os familiares do açougueiro vítima de tentativa de latrocínio – roubo seguido de morte – a estamparem um outdoor com a foto de Pedro acompanhada por um pedido destinado ao poder público. A imagem pode ser vista às margens da BR-316, no sentido Centro-Junco, num dos pontos mais movimentados da cidade.

Quem matou Pedro Sabino? - Foto: Maria Moura
Quem matou Pedro Sabino? – Foto: Maria Moura

A Polícia Civil afirma que o caso da morte de Pedro Sabino está elucidado há algum tempo e um mandado de prisão já foi expedido contra um dos envolvidos. Mas, enquanto os assassinos não são revelados e nem prisioneiros da Justiça, familiares, amigos e toda a sociedade picoense adormecem com a interrogação.

“Nós vamos apresentar o resultado. Estamos dependendo de algumas informações para deflagrarmos também esta operação”, disse hoje em entrevista coletiva o delegado Tales Gomes.

Caso Bringeo

Sobre o Caso Bringeo, cantor assassinado num crime de pistolagem em Picos, no dia 15 de maio, Tales Gomes foi enfático e reafirmou que esse crime também deve ser elucidado em breve.

“A tendência muito forte pelas informações que já temos é de que também solucionemos esses outros dois crimes [Caso Bringeo e Caso Pedro Açogueiro], bem como a tentativa de homicídio que ocorreu na última segunda-feira”, disse, em referência também aos disparos efetuados contra Antônio Cosme Miguel de Sousa, atingido por três tiros de arma de fogo no bairro São José.

Justiça também para a polícia

Do outro lado da BR é possível identificar um outdoor com outro protesto. Esse, de agentes da própria Polícia Civil pontuando que não estão em greve, apenas trabalhando de acordo com as especificações propostas pela Lei.

Em Picos, os agentes liderados pelo Sindicato dos Policiais Civis do Estado do Piauí (Sinpolpi) participam do ato que acontece paralelamente em todo o Piauí, e cobram do governo do Estado salários justos e condições de trabalho mínimas para atender bem a população.

Sinpolpi pede melhores condições de trabalho - Foto: Maria Moura
Sinpolpi pede melhores condições de trabalho – Foto: Maria Moura

Entenda

Pedim Açougueiro, 46 anos, foi morto por volta das 14h30 de um sábado, 27 de abril, na Rua Tiradentes, no bairro São José, quando voltava do trabalho no Açougue Público Municipal de Picos. Dois homens em uma motocicleta Honda Biz 100 se aproximaram do carro que ele conduzia, anunciaram o assalto e em seguida efetuaram um único disparo que atingiu a cabeça do açougueiro.

Pedro Sabino morreu ainda dentro do carro, a poucos metros da casa em que vivia com a esposa e dois filhos. No momento do crime, sua esposa também estava no carro, mas não foi ferida na ação.

Botão Voltar ao topo
Quer falar a Redação? Comece aqui

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Publicidade