ad16
AutoPECASonline24.pt
https://ead.uninta.edu.br/
Geral

Firjan diz que tarifa de energia no Piauí voltou a subir, mas Eletrobras nega

Um levantamento realizado pelo Sistema Firjan (Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro) realizou um comparativo entre os percentuais de redução das tarifas de energias nos estados, proporcionada pelas desonerações oferecidas pelo Governo Federal no início de 2013, e os reajustes que ocorreram ao longo do ano, resultado do processo de renovação das concessões e atualização de outros tributos.

Tarifa voltou a aumentar em 10,8% - Foto: Divulgação
Tarifa voltou a aumentar em 10,8% – Foto: Divulgação

O Piauí foi o Estado que obteve a maior queda na tarifa e o custo médio da energia para a indústria caiu 25,1% entre dezembro de 2012 e janeiro deste ano. Quando entrou em vigor a política do governo de redução de encargos e tributos, o valor do megawatt passou de R$ 324,37 para R$ 243,01.

No entanto, segundo dados da Firjan, ao longo do ano, o custo da tarifa voltou a aumentar em 10,8% e o valor do megawatt chegou a R$ 269,32 no mês de novembro.

Ainda segundo a Federação, o aumento ocorreu por conta do reajustes de tributos como ICMS e também devido à necessidade de acionamento das térmicas que despacharam uma grande quantidade de energia para alguns estados do Nordeste. A medida foi necessária para garantir a manutenção dos reservatórios das usinas hidrelétricas no período seco.

Já o assistente da Presidência da Eletrobras Distribuição Piauí, José Salan, garante que a informação não procede. Ele aponta que, além da redução de mais de 25% na tarifa no início do ano, houve outra queda na tarifa da energia elétrica para as indústrias no mês de agosto, resultado da revisão tarifária periódica realizada pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

 Para os consumidores industriais, ou de alta tensão, a redução foi de 4,30% na conta de energia. As indústrias representam apenas 1% do total de consumidores da Eletrobras Piauí. “A tarifa caiu em janeiro e caiu mais ainda agosto”, confirmou.

Fonte: Jornal O Dia

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade