ad16
AutoPECASonline24.pt
DestaquesEducaçãoGeralTodas as Notícias

Histórias que inspiram: conheça a vida de Higo Meneses, o menino do morro que virou mestre

Higo Meneses, 31 anos, picoense de coração, é formado em letras, pedagogia e história, leva sua vida baseada na educação e acredita que ela é capaz de transformar o mundo.

“Somente a educação pode salvar o mundo”, uma frase que já se tornou clichê, mas que traz um grande significado, e foi justamente por meio da educação que o professor Higo Meneses venceu as dificuldades da sua vida, saiu de um bairro carente e hoje o menino do morro agora é mestre e futuro doutor, como o mesmo falou.

Foto: Arquivo pessoal.

Higo Meneses, 31 anos, nasceu em Santa Cruz e reside em Picos a 26 anos, no bairro Morro da Macambira, que sofre com a carência de políticas públicas eficientes, mas nem por isso deixa de ser um local com jovens de potencial, com orgulho da região em que vive, como é o caso do professor. O mestre cresceu com pouco, tendo que regrar o dinheiro que tinha, “muitas vezes usava o fardamento reutilizado, mas não foi isso que me impediu de sonhar, podemos ser grandes”, disse ele.

Toda a sua escolaridade foi feita em escolas públicas e estaduais, sua família sempre teve uma forte ligação com a educação e por meio dessa convivência diária, Higo se interessou por a área. Desde o seu ensino médio ele trabalha como professor, dando aulas de reforço e substituindo professores, para poder ganhar dinheiro e comprar apostilas e livros. Foi aprovado em História na UFPI e em Letras na UESPI, preferiu seguir a carreira de historiador e batalhou muito pela sua formação.

Higo Meneses e Prof. Arimateia, reitor da UFPI. Foto: Arquivo pessoal.

“Para poder estudar comecei a trabalhar como vendedor na iniciativa privada, minha família, especialmente minha mãe, fazia um esforço danado para que eu pudesse estudar”, nos contou o professor. A sua primeira experiência foi no pré-vestibular Fontes Ibiapina, dando aula de Literatura, logo após, em 2010, ingressou no magistério público estadual como professor de história. “O magistério foi o que escolhi pra minha vida e sempre procuro melhorar mais para me tornar um profissional de excelência”, completou ele.

Além de contribuir para a educação picoense, Higo também luta pela preservação da memória do município, tentando manter vivo o patrimônio, “não nasci em Picos, mas meu coração pertence a essa cidade”, falou o professor. Atualmente, ele trabalha coordenando o ensino a distância na Universidade Aberta do Brasil, em Picos, com consórcio na UFPI, IFPI e UESPI.

Foto: Arquivo pessoal.

Higo Meneses é a prova de que a educação transforma e por meio dela e do conhecimento que a sociedade será libertada das amarras em que vive, pois a educação deve ser usada como instrumento de libertação. “Tudo que sou hoje devo à educação, foi ela que me fez enxergar mais, foi ela quem abriu-me horizontes”, assim o professor finalizou as suas falas.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade