ad16
DestaquesIsaías CoelhoPolíciaTodas as Notícias

Homem matou a vizinha porque achava que era vítima de macumba

Suspeito firmou que cometeu o crime porque a vítima “fazia macumba” para ele.

Uma mulher identificada como Luísa Lacerda de Carvalho, de 38 anos, foi assassinada com um tiro de espingarda no bairro Vila Nova, no município de Isaías Coelho, na tarde de domingo (5). O vizinho da vítima, Dárcio Marques Costa, foi preso como o principal suspeito pelo feminicídio. Após sofrer o disparo, a vítima ainda chegou a ser socorrida  e levada para o hospital regional de Simplício Mendes, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu.

Dárcio Marques Costa, foi preso no último domingo (05), após matar a vizinha com um tiro de espingarda, afirmou que cometeu o crime porque a vítima “fazia macumba” para ele.

Dárcio Marques Costa, foi preso como o principal suspeito pelo feminicídio
Dárcio Marques Costa, foi preso como o principal suspeito pelo feminicídio

A informação foi repassada pelo delegado geral Luccy Keiko, que disse que o suspeito pode ter problemas mentais. “O homem aparenta ter transtornos mentais e disse que a vítima fazia macumba para ele, no momento do crime a vítima estava na rua e de dentro de casa, da janela, o suspeito atirou com uma espingarda de fabricação caseira (bate-bucha)”, disse o delegado.

O acusado não esboçou nenhuma reação, foi preso ainda no local do crime e encaminhado até a Delegacia de Simplício Mendes. O crime ocorreu na frente da esposa de Dárcio e da filha da vítima.

Meio Norte

Tags

Leia Também