ad16
SaúdeTodas as Notícias

IASPI/Plamta têm 20 dias para justificar falta de pagamento a hospitais e clínicas

O IASPI/Plamta deverá apresentar relatórios sobre os contratos a serem assinados pela rede credenciada

O IASPI/Plamta tem o prazo de 20 dias para justificar a falta de pagamento às clínicas e hospitais credenciados na rede. O Ministério Público do Piauí (MP-PI) instaurou na sexta-feira (15), um processo investigativo para apurar a falta de repasse às unidades conveniadas.

De acordo com o promotor Fernando Santos, o IASPI/Plamta deverá apresentar relatórios sobre os contratos a serem assinados pela rede credenciada neste ano e um relatório sobre as Glosas indevidas que são cobradas aos hospitais e clinicas.

Reunião no MP(Foto :Sindhospi)

“Instauramos um processo investigativo para apurar essa falta no repasse. Foi notificado o secretário de fazenda, para que ele apresente uma defesa em relação a falta desse pagamento. Além disso, precisamos que se esclareça as contas glosadas pelos auditores e que não são justificadas”, afirma o promotor Fernando Santos.

Segundo o sindicato, atualmente as contas de novembro se encontram em aberto e alguns estabelecimentos ainda não receberam o pagamento do mês de outubro. O presidente do Sindhospi, Jefferson Campelo, afirma que o déficit gira em torno dos R$ 20 milhões.

“A gente teve a oportunidade de discutir amplamente todos os problemas que afetam o IASPI/Plamta e seus prestadores de serviços e infelizmente as discussões sempre são as mesmas. É um contrato que não está regular e esperamos que em 20 dias o IASPI se manifeste para solucionarmos todos os problemas”, afirma Jefferson Campelo.

Segundo o diretor financeiro do IASPI/Plamta, Moaci Rocha, a Secretaria de Fazenda não repassou os recursos destinados ao pagamento da rede credenciada durante cinco meses, gerando uma dívida de cerca de R$ 104 milhões.

“Começaremos a pagar o mês de novembro a partir de segunda. O Governo está se esforçando em repassar esse dinheiro para a gente e estamos em negociação para que coloquemos os pagamentos todos em dias”, pontua o diretor financeiro.

O encontro foi promovido pelo Sindicato dos Hospitais, Clínicas, Casas de Saúde e Laboratórios de Pesquisas e Análises Clínicas do Estado do Piauí (Sindhospi) e contou com a participação de diretores financeiro do IASPI/Plamta.

PortalAZ

Etiquetas
Botão Voltar ao topo
Fechar
Publicidade