ad16
DestaquesEsporteTodas as Notícias

Juiz chega atrasado e SEP vence Parnaíba por 1 x 0 em Fronteiras

Imagina um jogo de futebol sem árbitro? Pois isso quase aconteceu no Campeonato Piauiense neste sábado. A partida entre SEP e Parnahyba, pela quinta rodada do estadual, começou com 1h45 de atraso por que o juiz, os assistentes e o quarto árbitro não chegaram ao local da partida a tempo, no estádio Pinheirão, na cidade de Fronteiras, a 90km de Picos. Marcada para começar às 16h30, a partida só teve bola rolando às 18h15. Os clubes protestaram e criticaram a falta de organização. O jogo terminou com vitória do Picos por 1 a 0.

Comissão Estadual de Arbitragem de Futebol do Piauí, Federação de Futebol do Piauí (FFP) e o árbitro Antônio Santos Nunes deram versões diferentes sobre o porquê do atraso. O presidente da comissão explicou que a entidade não foi informada oficialmente da mudança do horário – antes o confronto SEP x Parnahyba estava agendado para as 20h. A FFP rebateu e explicou que a alteração foi publicada em seu site. O juiz Antônio Santos Nunes disse que o carro teve “problemas mecânicos” durante a viagem. E se desculpou pelo incômodo.

– Infelizmente aconteceu um imprevisto, um problema mecânico no veículo e não chegamos no horário. É ter humildade em pedir desculpas, isso não vai corrigir a falha que houve. Pedimos desculpas a todos os envolvidos no jogo. Na quinta-feira foi avisada da alteração, o jogo seria às 16h30. Tivemos um imprevisto. Em 17 anos de arbitragem, isso nunca aconteceu. Tudo, porém, tem a primeira vez. Uma fatalidade – disse o árbitro, em entrevista à rádio Cidade FM, de Parnaíba.

Jose Steifel, presidente do Comissão Estadual de Arbitragem de Futebol do Piauí, informou que o trio de arbitragem não recebeu comunicado da mudança das 20h para as 16h30. Segundo ele, houve uma falta de comunicação.

Jogadores esperam árbitro chegar em estádio (Foto: Divulgação/Parnahyba)
Jogadores esperam árbitro chegar em estádio (Foto: Divulgação/Parnahyba)

– Os árbitros não foram comunicados da mudança do horário do jogo. Anteriormente, o jogo será às 20h e mudou para as 16h30. A equipe saiu de Picos por volta das 17h. Houve uma falha de comunicação, mas mesmo com o atraso o jogo vai começar. Não era para se preocupar, o jogo vai acontecer – disse Steifel.

– Aconteceu uma falta de comunicação. Nunca tivemos esse problema nos quatro anos de gestão na FFP, foi a primeira vez. A alteração foi feita e colocada no site da FFP, talvez os árbitros não olharam . Tudo é divulgado no site. Comunicamos o atraso aos times – explicou Cesarino Oliveira, presidente da FFP.

O atraso de 1h45 foi criticado por ambas as equipes. O diretor de futebol do Parnahyba, José Paulo, classificou o fato como difícil de imaginar no futebol profissional.

– Lamentável. Para o bem do futebol piauiense, isso não é bom. A mesma responsabilidade que existe para times deve existir para os árbitros e a própria FFP. Atrapalha todo o planejamento. Quando estávamos fazendo a nossa oração na saída dos vestiários, fomos informados que o jogo iria atrasar – criticou José Paulo.

O JOGO

Ao som do apito, um jogo equilibradíssimo. Felipe, aos nove do segundo tempo, marcou o gol da vitória do Zangão que reconduziu o time à liderança do estadual. Com 11 pontos, a SEP passa o Flamengo-PI. O Rubro-Negro folgou na rodada por causa da Copa do Nordeste. O Parnahyba perdeu a invencibilidade e saiu do G-4 das semifinais, agora é quinto.

A SEP entrou sem o meia Thiago Marabá e o volante Escuro. O melhor ataque da competição – agora com nove gols – não teve deficiência no setor: Tadeu, Raphael Freitas e Felipe comandaram as ações. O Parnahyba voltou com a formação tradicional, Fabiano e Cassiano no ataque. A dupla, quando comparada ao adversário, errou mais. Vitinho só entrou no segundo tempo, mas a equipe perdia por 1 a 0. A velocidade do menino parou nos zagueiros Tonhão e Marlon. O choque ofensivo das equipes mostrou também uma defesa bem armada pelos treinadores Adelmo Soares e Luís Miguel.

Com cinco rodadas sem parar, o Campeonato Piauiense dá uma folga para SEP e Parnahyba. O Tubarão joga contra o Caiçara no dia 21 de fevereiro no Pedro Alelaf. No dia 24, o Zangão vai até Barras e pega o Caiçara. As datas são quebradas por conta da participação de River-PI e Flamengo-PI na Copa do Nordeste.

* Colaboração da Rádio Cidade 87,9 FM de Parnaíba. 

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade