ad16
CidadeGeralSaúde

Médicos de Picos aderem à paralisação de cinco dias no Estado

Saúde Concurso
Foto: Ilustração

Os médicos dos municípios de Parnaíba e de Picos resolveram aderir à paralisação de cinco dias que iniciará nesta segunda-feira (5) e seguirá até a próxima sexta-feira (9). A medida faz coro às reivindicações levantadas pelos médicos ligados à Secretaria de Saúde do Estado (Sesapi) e à Fundação Municipal de Saúde (FMS), em Teresina, que lutam por reajuste salarial e condições mais dignas de trabalho nos hospitais.

Assim como na capital e nos hospitais pertencentes Estado, nessas duas cidades, serão realizados apenas os atendimentos de urgência e emergência. Os atendimentos eletivos como cirurgias, exames, consultas ambulatoriais e atendimentos do Programa Saúde da Família (PSF) estarão suspensos.
O diretor Regional do Sindicato dos Médicos do Piauí (Simepi) em Parnaíba, Dr. Osvaldo Gomes, afirma que a mobilização dos médicos vinculados à Prefeitura daquela cidade é bastante expressiva e informa que uma manifestação em frente ao Hospital Regional Dirceu Arcoverde já está prevista. “Convocamos todos os nossos colegas a participarem desse movimento e obtivemos uma aceitação muito boa. Na terça-feira (6) iremos realizar uma manifestação em frente ao Hospital Dirceu Arcoverde”, afirmou.
Também em Picos, os médicos do município também demonstraram seu apoio ao movimento organizado pelo Simepi, Conselho Regional de Medicina (CRM-PI) e Associação Piauiense de Medicina (Aspimed). “Os nossos médicos ligados ao município já estão mobilizados e também decidiram participar do movimento de paralisação e nossa concentração será nesta quarta-feira (7), no período da tarde, em frente ao Hospital Regional Justino Luz”, ressalta o diretor Regional do Sindicato em Picos, Dr. José Almeida.

Além da falta de estrutura dos hospitais nesses municípios, a categoria médica também reclama da carência de profissionais e da sobrecarga de trabalho.
Cidadeverde
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade