ad16
CidadeGeral

Mesmo com audiência pública falta de energia em Picos tem sido constante

[ad#336×280]À medida que intensifica, no município de Picos, o combate ao furto de energia elétrica, o famoso ‘gato’, a Eletrobrás Distribuição do Piauí tem deixado a desejar quanto ao seu principal propósito: o fornecimento de energia elétrica de qualidade. Com a deficiência no serviço, os consumidores é quem sofrem as consequências.

Na madrugada desta terça-feira (03) a cidade novamente sofreu um Apagão. E mais uma vez o problema se deu durante a madrugada, horário que causa mais incômodo aos consumidores. Os bairros da Região central ficaram sem energia das 23h40min a aproximadamente 01h00min da manhã.

Essa foi a terceira vez em cinco dias que o fornecimento de energia elétrica foi cortado. Um outro Apagão havia acontecido na madrugada desta última segunda-feira (01). Na oportunidade a falta de energia aconteceu por volta das 04h30min e prosseguiu até as 05h10min. Três dias antes – 30 de março – o bairro Canto da Várzea e adjacências já tinha enfrentado o problema.

Com esses três Apagões ocorridos nos últimos cinco dias chegam a cinco vezes as faltas de energia verificadas no município de Picos nos três primeiros meses de 2013, só na região central. As outras duas quedas no fornecimento haviam acontecido nos dias 08 e 16 de janeiro. E o assunto tem preocupado as autoridades municipais.

Tanto que a Câmara de Vereadores realizou uma Audiência Pública para debater as falhas da Eletrobrás Piauí no fornecimento de energia elétrica na cidade. Na reunião realizada no Plenário vereador Pedro Barbosa da Silva, no último dia 25 de março, membros de vários segmentos – entre os quais vereadores e empresários – pediram uma urgência na melhora do serviço da distribuidora.

Como resposta, os representantes da empresa disseram que os problemas verificados no município de Picos eram pontuais e seriam resolvidos o quanto antes. No entanto, como vemos, o problema continua e causando transtornos a população.

Com informações do Rodeador News

Botão Voltar ao topo
Quer falar a Redação? Comece aqui

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Publicidade