ad16
AutoPECASonline24.pt
https://ead.uninta.edu.br/
CidadeGeralPolítica

No debate Belê diz que vai abrir a Policlínica para acabar com filas em Picos

Candidata Belê Medeiros
Candidata Belê

A candidata a prefeita Belê Medeiros mostrou durante debate realizado na tarde desta sexta-feira, dia 17, pela Cultura Fm, que conhece Picos e tem propostas para avançar no desenvolvimento do município ao apresentar projetos, defender as melhorias alcançadas pela atual gestão municipal e apontar onde é preciso se investir para garantir mais avanços em Picos. Belê defendeu a abertura da Policlínica para oferecer consultas especializadas e exames que atualmente são negados pelo sistema privado de saúde de Picos.

“Só com conversa não se resolve os problemas de saúde de Picos. Eu vou abrir a Policlínica para fazer as consultas especializadas e os exames, caso contrário o povo vai continuar perdendo. A secretaria municipal de Saúde tem o recurso, tem condição de pagar pelo exame, mas a rede credenciada não oferta o serviço para a grande demanda existente por conta do baixo valor pago pelo SUS. Nós vamos acabar com a fila e levar as pessoas para serem atendidas na Policlínica. Os equipamentos estão lá e o que se precisa é que forças políticas contrárias ao povo saiam do meio e deixem o povo passar”, disse Belê.
Belê prestou conta das conquistas alcançadas no setor da saúde ao apontar que o Índice de Desempenho do Sus (Idsus) de Picos alcançou nota superior a média nacional e do Piauí. “O Idsus mostra um resultado diferente dessa guerra de nervos que estão tentando criar a respeito da saúde de Picos. Enquanto a média nacional é de 5,47 pontos, o Piauí 5,34 e Picos ficou com 5,69. Portanto, número acima do alcançado na nossa região mostrando que estamos no caminho certo para garantir saúde a quem mais precisa”, afirmou Belê acrescentando que na gestão atual foram construídos 16 postos de saúde, 13 centros de saúde de alta qualidade, além da implantação de serviço nutricional, psicologia, fisioterapia e criação de postos do Programa Saúde da Família.
A candidata revelou que a auditoria do Denasus, amplamente propagada pela oposição, foi arquivada pelo procurador federal Frederico Lustosa e que nada foi provado contra a gestão da secretaria municipal de Saúde. “A auditoria foi provocada por questões políticas. O Ministério da Saúde esteve em Picos e virou a secretaria de cabeça para baixo e em nenhum momento as denúncias apresentadas trouxeram penalidade para o município. Falar e fácil, agora provar é outra coisa. A auditoria mostrou acusações danosas porque não conhece todo processo”, esclareceu Belê.
O plano de governo de Belê conta ainda com mais propostas para a saúde de Picos. É projeto da candidata garantir inovações como a clínica especializada para o homem e dar dignidade as vítimas de câncer que ainda se deslocam para tratamento em Teresina. “Eu vou criar a primeira clinica de saúde do homem. Vamos oportunizar aos homens um espaço de qualidade com fizemos com a mulher. Picos terá um centro de oncologia, pois não queremos mais ver a população indo debilitada para Teresina receber quimioterapia. Vamos implementar a Unidade de Pronto Atendimento (Upa) 24 horas que vai dar mais tranquilidade na urgência e emergência”, concluiu Belê.
Belê vai implantar escola de tempo integral em Picos
A candidata a prefeita Belê Medeiros quer avançar na rede de ensino público de educação com a implantação da escola de tempo integral em Picos. As propostas da candidata para essa área foram apresentadas durante debate realizado na tarde desta sexta-feira, dia 17, na Cultura Fm, onde Belê ainda esclareceu a votação do reajuste salarial dos professores na Assembleia Legislativa do Piauí onde como deputada estadual foi relatora do projeto de lei redigido e encaminhado para aquele poder pelo Governo do Estado.
“Eu como membro da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) recebi o projeto encaminhado pelo deputado estadual Kleber Eulálio, presidente da CCJ, e tive a coragem de votar seguindo convencimento do Governo. Nós tivemos reuniões com a equipe técnica do Governo e fomos convencidos de que não havia dentro do limite prudencial da Lei de Responsabilidade Fiscal e do limite financeiro do Estado condições de dar aos professores a proposta reivindicada de reajuste linear de 22%. Não fizemos isso por maldade, fizemos com muita coragem mesmo sendo um ano eleitoral. O que é possível ser feito conta-se com o meu voto, quando não é possível tenho que ter a responsabilidade de votar com prudência”, esclareceu Belê.
A candidata propôs a implantação da escola de tempo integral no município integrando a educação com oportunidade de emprego para os pais dos jovens estudantes de Picos. “Nós vamos implantar a educação de tempo integral com geração de emprego e renda para a mulher de Picos. A criança passa o dia na escola, o pai trabalhando e a mãe vai ter oportunidade de trabalhar na cozinha comunitária que será criada com a oportunidade de aumentar sua renda. Por outro lado vamos zerar a evasão escolar e reduzir ainda mais esse problema em Picos e ainda vamos fazer as escolas dos bairros Paroquial e Belo Monte”, finalizou Belê.
 Da ascom da candidata .
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade