ad16
AutoPECASonline24.pt
DestaquesEconomia

Período Natalino se aproxima mas vendas não movimentam o comércio

A Pandemia do Coronavirus impactou o comércio em 2020, com o fechamento, medidas e restrições o número de vendas diminuíram consideravelmente, as demandas natalinas na Cidade de Picos não estão como nos anos anteriores, houve uma queda na procura dos artigos de natal que de acordo com os lojistas se deu devido às perdas pessoais e financeiras ao longo do ano, com isso as pessoas não se sentem animadas para as compras de ornamentação natalina.

O natal de Picos esse ano tende a ser fraco em virtude de ao longo dos meses do ano muitas pessoas terem perdido seus empregos e por o 13° salário dos idosos já ter sido antecipado.

O clima natalino tende a atrair cliente para as lojas, no entanto de acordo com Marineide Cavalcante proprietária de uma loja no centro de Picos, as vendas “estão suaves, não estão iguais aos anos anteriores tá bem mais fraco, logo eu este ano não investi no natal já por conta da pandemia pra você ter uma ideia só agora que os clientes estão começando a procurar por árvores de natal, pisca-pisca e alguns enfeites”.

Mesmo com as vitrines das lojas cheias de artigos, os comerciantes ainda não estão conseguindo atrair tantos clientes, como diz Benoni Antônio que também é proprietário de uma loja no centro “as vendas este ano estão razoáveis as pessoas estão cautelosas por mais que queiram renovar a decoração de natal ou comprar uma decoração nova estão bastante cautelosas, a uns quinze dias é que as pessoas estão começando a procurar as coisas do natal como o presépio, o pisca-pisca, os enfeites em geral, mesmo os preços sofrendo uma majoração mas algumas pessoas estão começando a procurar esses artigos”.

Com o desemprego crescendo, a redução do auxílio emergencial e o aumento nos preços dos produtos, os consumidores este ano estão pensando duas vezes antes de fazerem gastos a mais como aquelas tradicionais ornamentações natalinas de anos anteriores.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade