ad16
Cidade

Inss vai criar gerência-executiva em Picos

Visão panorâmica de Picos
Visão panorâmica de Picos - Foto: Maria Moura

O ministro da Previdência Social, Garibaldi Alves Filho, entregou nesta segunda-feira (29) as Agências da Previdência Social (APS) de União e Pedro II, no Piauí. As unidades são as primeiras no estado dentro do Plano de Expansão da Rede de Atendimento (PEX), que prevê a construção de 11 agências no Piauí e 720 em todo o país.

Durante a inauguração da APS em Pedro II, o ministro Garibaldi Alves Filho anunciou a criação de mais uma gerência-executiva do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) no Estado do Piauí: “Vamos criar no Piauí mais uma gerência-executiva, no município de Picos, para que possamos melhorar a administração da Previdência no Estado”.

Juntas, as duas unidades irão beneficiar uma população de 136 mil pessoas. Em Pedro II, a APS vai atender também a população dos municípios de Domingos Mourão, Lagoa do São Francisco, Milton Brandão, Juazeiro do Piauí e Castelo do Piauí. Já em União, a nova estrutura estará disponível para os moradores de Miguel Alves, Lagoa Alegre, José de Freitas e David Caldas. A Previdência Social investiu R$ 1,6 milhão na construção das duas agências, que vão prestar todos os serviços previdenciários.

Os segurados irão encontrar nas APS um ambiente confortável e seguro, com equipamentos modernos de informática, mobiliário novo, dispositivos de segurança, acessibilidade para idosos e portadores de necessidades especiais e sinalização interna e externa.

A Previdência Social está construindo novas unidades de atendimento em municípios com mais de 20 mil habitantes e que não contam ainda com unidades fixas que prestam todos os serviços previdenciários. As agências proporcionam mais comodidade às populações dessas cidades e de municípios vizinhos, que não irão mais precisar percorrer grandes distâncias em busca de atendimento previdenciário, com economia de tempo e dinheiro.

Agências – Os segurados irão encontrar nas APS de União e Pedro II uma sala de serviço social e perícia médica e quatro pontos de atendimento. Cada agência tem capacidade para atender, em média, mil segurados por mês e realizar aproximadamente 400 perícias médicas mensais. O público será atendido das 7h às 17h, a partir desta terça-feira (30).

A agência de União será responsável pela manutenção mensal de 17 mil benefícios, o que representa o pagamento de R$ 8,3 milhões. Antes da construção da APS, os segurados da região precisavam se deslocar 55 quilômetros, até as agências de Teresina (PI), para ter acesso aos serviços da Previdência Social. Foram investidos R$ 780 mil na construção da APS.

Com a construção da agência de Pedro II, os segurados não precisam mais se deslocar 50 quilômetros para serem atendidos na APS de Piripiri (PI). A nova estrutura será responsável pelo pagamento de 13,1 mil benefícios, o que representa o pagamento de R$ 6,6 milhões mensais. A Previdência Social investiu R$ 901,3 mil na agência.

Expansão – Com a inauguração das unidades de Pedro II e União, o estado passa a contar com 21 Agências da Previdência Social. Antes da expansão, a rede de atendimento era formada por 20 unidades fixas. Com a implantação do PEX, o número de agências da Previdência Social no Piauí será de 30. As outras unidades serão instaladas nas cidades de Altos, Batalha, Canto do Buriti, Cocal, Esperantina, José de Freitas, Luis Correia, Miguel Alves e Piracuruca.

Também estão sendo realizadas no estado mais quatro obras de recuperação da rede existente. Para aumentar e recuperar a rede de atendimento no estado do Piauí, a Previdência Social está investindo R$ 11 milhões.

Botão Voltar ao topo
Quer falar a Redação? Comece aqui

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Publicidade