ad16
DestaquesTodas as Notícias

Picos tem redução nos casos de hanseníase em 2019

Em 2019 foram registrados 70 novos casos da doença

A cidade de Picos registrou uma queda no número de casos de hanseníase em 2019. A informação é do coordenador do Programa Municipal de controle da Hanseníase, Gilberto Valentim.

Segundo Gilberto, durante o ano de 2019 foram registrados 70 novos casos contra 82 de 2018, tendo uma redução de 17, 65% na incidência da doença.

Gilberto informou ainda que dos 70 casos, 38 são pacientes da cidade de Picos e 42 de municípios da região. “Não adianta tratar só Picos. Precisamos montar uma estratégia macrorregional para que a gente possa diminuir em Picos e nos outros municípios”, pontuou.

Coordenador do Programa Municipal de controle da Hanseníase, Gilberto Valentim- Foto: Romário Mendes

O coordenador acredita que a redução nos casos é por conta das diversas atividades de combate à doença idealizadas pelo Programa Municipal de Controle da Hanseníase.

Janeiro Roxo

Em Picos, as atividades do Janeiro Roxo, que é uma campanha dedicada ao combate à doença, serão realizadas de 27 a 31.

A doença

Hanseníase é uma doença infecciosa causada pelo Mycobacterium leprae, uma bactéria que acomete a pele e os nervos periféricos. Ela é uma doença de baixa infectividade, ou seja, o seu poder de contágio é baixo.

Etiquetas
Botão Voltar ao topo
Fechar
Publicidade