ad16
PolíticaTodas as Notícias

Pré-candidatos do Solidariedade não aceitam deputados e partido mantém estratégia

O presidente do Solidariedade, deputado Evaldo Gomes, afirma que o Solidariedade mantém a estratégia de não aceitar a filiação de deputados ou de suplentes em exercício do mandato

O presidente do Solidariedade, deputado Evaldo Gomes, afirma que o Solidariedade mantém a estratégia de não aceitar a filiação de deputados ou de suplentes em exercício do mandato. Ele explica que os pré-candidatos da sigla não aceitam e a decisão já foi comunicada aos petistas que procuraram o Solidariedade.

O Solidariedade aceitaria apenas o petista Sérgio Vilela já que ele não tem mandato. A conversa estaria avançada. Mas nomes como Ziza Carvalho e Paulo Martins estão vetados. 

Segundo Evaldo, a decisão já é prego batido. 

Fonte: Lídia Brito/Cidade Verde

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.