ad16
AutoPECASonline24.pt
GeralPolíticaTodas as Notícias

Prefeito e vice de Amarante são cassados e cidade terá nova eleição

O prefeito de Amarante Luiz Neto Alves de Sousa (PSD), e o vice-prefeito Clemilton Queiroz, tiveram o mandado cassado em votação nesta terça-feira (01) no Tribunal Regional Eleitoral (TRE). O prefeito respondia a processo por abuso de poder econômico, político e de autoridade além de compra de votos e conduta vedada a gestor público.

João Neto, prefeito de Amarante - Foto: Reprodução
Luis Neto Alves, prefeito de Amarante – Foto: Reprodução

Com a decisão, por três votos a dois pela cassação,  Luiz Neto fica inelegível por oito anos, a contar das últimas eleições em 2012. Foi determinada a convocação imediata do presidente da Câmara municipal para assumir a prefeitura até a realização de uma nova eleição majoritária.

Multas

Ao prefeito, foi aplicada uma multa de R$ 18.160 e mais três servidores da Secretaria de Ação Social do município foi aplicada uma multa de R$ 11.350. São eles, a secretária Emília Ayres Ribeiro de Santana, o tesoureiro da secretaria, José Reinaldo e Sousa e a servidora Kelly Cristiane de Sousa Rodrigues.

Os três foram condenados por envolvimento nas mesmas acusações as quais o prefeito responde.

A cassação do prefeito e do vice foi pedida pela Coligação Unidos Para Mudança, representada pelo candidato a Prefeito de Amarante, Agenor de Almeida Lira e já havia sido votada no último dia 18 de março, quando o juiz José Wilson havia pedido vistas do processo.

O advogado do prefeito, Alexandre Nogueira, afirmou que cabe recurso contra a decisão e que entrará com recurso. Ele alega que as alegações são de falhas administrativas e que não há vinculação eleitoral.

Fonte: Cidade Verde

 

 

Etiquetas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Publicidade