DestaquesGeral

Prefeitura de Picos vai pagar o piso nacional dos professores

[ad#336×280]O prefeito Kleber Eulálio (PMDB) decidiu que a Prefeitura de Picos vai pagar o piso nacional da educação aos professores da rede municipal de ensino, já a partir do mês de janeiro deste ano. Como o piso nacional teve um reajuste de 7,9%, o menor salário pago a um professor (classe A) é de R$ 1.567,00. Kleber Eulálio também decidiu aplicar o mesmo reajuste aos vencimentos dos professores das demais classes.

O anúncio foi feito hoje pela manhã, no Palácio Coelho Rodrigues, após o Kleber se reunir com sua equipe econômica. O prefeito de Picos entende que a valorização do professor é fator decisivo para se ter uma educação de qualidade. “Por isso a Prefeitura de Picos garante aos professores do município o piso nacional. No entanto, não podemos negar que esse aumento onerou bastante a folha de pagamento, sem falar que em janeiro não recebemos quase nada de FPM, por conta das retensões feitas pelo INSS” – comentou o prefeito.

Prefeito Kléber Eulálio - Foto: João Paulo Leal
Prefeito Kléber Eulálio – Foto: João Paulo Leal

De acordo com a Secretaria Municipal de Educação, algo em torno de 750 professores serão beneficiados com a decisão do prefeito Kleber Eulálio. Além do piso nacional da educação, reajustado em 7,9%, a Prefeitura de Picos também vai pagar aos demais servidores municipais o novo salário mínimo brasileiro, que com o reajuste de 9% ficou estabelecido o valor de R$ 678,00, a partir de 1° de janeiro de 2013.

RECURSOS

O prefeito Kleber Eulálio também informou que já fez uma consulta ao Tribunal de Contas do Estado (TCE), através de ofício enviado à presidente daquela Corte, Waltânia Alvarenga, para se orientar da possibilidade ou não de utilização dos recursos do FUNDEB, relativos ao exercício de 2013, para o pagamento dos salários atrasados dos professores da rede municipal, relativos ao mês de dezembro de 2012 e à segunda parcela do 13° salário, deixados sem pagar pela gestão anterior.

A partir do parecer do TCE, o prefeito Kleber Eulálio e sua equipe econômica vão novamente se debruçar em cima das receitas e despesas da Prefeitura, observando também a oscilação constante nos repasses do FPM, no intuito de encontrar uma saída para o problema.

Tags
LER MATÉRIA COMPLETA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia Também