ad16
SaúdeTodas as Notícias

Presidente da FEPISERH anuncia que médicos que atuam com maior produtividade no HRJL receberão incentivo salarial

A forma de remuneração válida para ortopedistas e cirurgiões é com base no número de atuações do médico na casa de saúde, onde consequentemente o profissional receberá mais se atuar mais.

Com o objetivo de diminuir as filas dentro dos hospitais públicos no Piauí, o presidente da Fundação Estatal Piauiense de Serviços Hospitalares (FEPISERH), deputado Pablo Santos (MDB), anunciou durante visita à cidade de Picos que um novo sistema de remuneração para os profissionais médicos com foco na produtividade deverá ser implantado.

A forma de remuneração válida para ortopedistas e cirurgiões é com base no número de atuações do médico na casa de saúde, onde consequentemente o profissional receberá mais se atuar mais.

“Está sendo montada uma planilha entre a Secretaria de Saúde do Estado e a Fundação Hospitalar para que seja criada uma padronização salarial para todos os funcionários. Assim, um médico de Piripiri vai ganhar a mesma coisa de um médico do Hospital Regional Justino Luz que vai ganhar a mesma coisa de um profissional do hospital de São Raimundo Nonato. Porém em cima do salário base haverá uma bonificação salarial por procedimento, incentivando a resolutividade e que os profissionais produzam mais diminuindo a fila de esperas”, afirmou o presidente.

O sistema deverá ser implantado em breve e engloba o Hospital Regional Justino Luz (HRJL) de Picos e demais instituições de saúde mantidas pela FEPISERH.

Questionado sobre a falta de humanização de profissionais que atuam no HRJL, sobretudo na recepção, Pablo Santos frisou que ocorrendo algum tipo de caso desta natureza, o mesmo passará a ser investigado para adoção dos procedimentos cabíveis.

Tags

Leia Também

Publicidade