ad16
AutoPECASonline24.pt
https://ead.uninta.edu.br/
DestaquesPolícia

Presos causam transtornos na Central de Flagrantes de Picos

[ad#336×280]Dois presos causaram um grande tumulto dentro da Central de Flagrantes em Picos, desde às 8h15 da manhã desta quinta-feira (6). Segundo foi apurado, os presos foram identificados por Samuel Duarte, conhecido como Galeguinho do Maná, preso por violência doméstica e envolvimento com drogas e Manoel Vicente Brito. Os presos estão se agredindo e assim causando confusão entre os demais detentos e funcionários da Central.

Familiares dos detentos custodiados não conseguiram deixar alimentação no local e dessa forma  os presos ficaram sem comida  e alegaram que estavam passando fome. Em virtude do tumulto, o trabalho dos agentes ficou comprometido.

A capacidade da Central é para cinco presos, mas atualmente é responsável pela custódia de 17 presos.

POLÍCIA CIVIL DE PICOS PEDE SOCORRO

A sensação dos próprios integrantes da Polícia Civil de Picos é de abandono, no passado recente a corporação teve 05 delegados de carreira e agora conta apenas com dois. O delgado Adolpho  Henrique foi transferido essa semana para a capital onde vai integrar o Grupo de Repressão ao Crime Organizado (GRECO). Atualmente os dois delegados que restaram respondem por 16 cidades da região de Picos. O que torna o trabalho de investigação e até outros procedimentos humanamente impossíveis.

Lixo acumulou entre as duas celas-Foto: Romário Mendes

Atualização às 13:16 

O policial civil, Abelardo Oliveira fala sobre o assunto e diz que a situação e lamentável. Segundo ele os presos terão que ser transferidos para a Penitenciária José de Deus Barros.  “A situação está precária aqui na Central, onde dois presos estão jogando pedras, barro e até fezes um no outro e também nos agentes que  estão impossibilitados  de trabalhar”, diz.

Os presos jogaram barro e fezes também dentro da Central de Flagrantes-Foto: Romário Mendes

Abelardo diz ainda que o dois presos que estavam causando o tumulto sofrem de distúrbios mentais. “Depois que eles foram presos começaram a causar problemas e tem provocado os outros presos, jogando fezes neles”, frisou.

Pra conter o tumulto, a Polícia Militar foi acionada e conseguiu retirar da cela um dos presos identificado por  Manoel Vicente Brito, o mesmo estava muito sujo com barro e fezes pelo corpo. Policias jogaram água nele na tentativa de conter o fedor. Manoel Vicente se encontra ainda na Central à espera de uma transferência.

Segundo informaram os policias civis, uma reunião será realizada com o propósito  de transferir todos os detentos da Central de Flagrantes para outro lugar.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade