ad16
MunicípiosPaulistana

Produção mineral em Paulistana atingirá 5 bilhões de toneladas

Paulistana: vista aérea - Foto: Divulgação
Paulistana: vista aérea - Foto: Divulgação

A produção mineral da cidade de Paulistana, avaliada hoje em 1 bilhão de toneladas, deverá atingir nos próximos anos o total de 5 bilhões de toneladas,  segundo pesquisa de empresas mineradoras instaladas na região. De acordo com a deputada estadual Liziê Coelho (PTB), a expansão da produção mineral do Estado sofrerá um grande incentivo a partir do próximo ano, quando o Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM), concederá a lavra autorizando a exploração das jazidas.

A Deputada Liziê Coelho explica que os investimentos em infraestrutura na região, como a conclusão da obra de construção da Transnordestina, são essenciais para o desenvolvimento do setor mineral no Estado. “A região mineral do Piauí, que engloba as cidades de Paulistana, Acauã e Simões, entre outras, será percorrida pela Transnordestina facilitando o escoamento da produção até os portos de Suape, em Pernambuco, e o de Pecém, no Ceará”, comentou.

A mineração corresponde hoje a apenas 0,1% do Produto Interno Bruto (PIB) do Estado, valor bem abaixo da capacidade de geração de recursos que o potencial mineral do Piauí pode possibilitar. “Com o aumento nos investimentos e consequentemente na produção, a participação desse setor no PIB sofrerá uma alteração significativa.

Botão Voltar ao topo
Quer falar a Redação? Comece aqui

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Publicidade