ad16
AutoPECASonline24.pt
CulturaEducação

Projeto de Extensão da UFPI “Arte Vida Atrevida” promove Espetáculo Teatral

Professora Iael de Souza divulga o Projeto em programa de TV
Professora Iael de Souza divulga o Projeto em programa de TV

O Projeto de Extensão “Artevida Atrevida” da Universidade Federal do Piauí, coordenado pela Profª. Iael de Souza, do campus Senador Helvídio Nunes de Barros, em Picos, promove o espetáculo teatral “Arena da Vida – Era uma vez… Ao Deus Dará!!!”, que será encenado nos dias 02, 09, 16 e 23/10, na cidade de Picos-PI, aberto a toda a comunidade.

Confira horário e local das apresentações:

02/10 (Domingo), às 18h, no Pátio da Igreja Matriz
09/10 (Domingo), às 17h, no Parque de Exposição (em frente a Igreja Santa Bárbara)
16/10 (Domingo), às 17h, no Bairro Pedrinhas (em frente a Igreja Sagrada Família)
23/10 (Domingo), às 17h, no Bairro São José (em frente a Igreja São José Operário)

História do Projeto de Extensão Artevida Atrevida (pela professora Iael de Souza)

O Projeto de Extensão Artevida Atrevida desenvolveu suas primeiras atividades de gestação de setembro de 2010 a novembro de 2010, onde realizamos a divulgação do projeto para as comunidades de Pedrinhas e Parque de Exposição, da cidade de Picos, além da coletiva de Imprensa, realizada no auditório do Senac; a participação no programa local do Odorico Carvalho e entrevista a Rádio cultura de Picos, contando também com a divulgação pelo jornal Riachão. Na sequência, foram feitas as inscrições, seleção e entrevistas para a primeira fase do projeto: a formação dos Oficineiros, aberta aos moradores dos Bairros Parque de Exposição e Pedrinhas, de Picos e aos docentes do campus de Picos.

Em março de 2011, teve início o I Curso de Formação de Oficineiros em Teatro Amador-Popular Infanto Juvenil, tendo como “fada madrinha” a Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis e Comunitários (PRAEC-UFPI), nossa parceira efetiva, que garante a manutenção e subsistência dos alunos envolvidos diretamente nas atividades do projeto e assim, o próprio projeto, inviabilizado sem a atuação desses bolsistas. Os oficineiros formados através desse curso, ministrado e coordenado pelos discentes da UFPI Robson Almeida Ferraz, aluno do curso de História, auxiliado por Lucas Feitosa, aluno de Administração, sob coordenação geral da professora Iael de Souza, estarão ministrando as oficinas para crianças e adolescentes das comunidades carentes de Picos a partir do mês de novembro de 2011.

Cartaz do espetáculo teatral do Projeto Artevida Atrevida
Cartaz do espetáculo teatral do Projeto Artevida Atrevida

A estréia dos oficineiros e o parto oficial do Projeto se dará mediante a realização do espetáculo teatral: ARENA DA VIDA – ERA UMA VEZ… AO DEUS DARÁ!!!, cujas apresentações ocorrerão aos domingos do mês de outubro.

Também estaremos lançando os fascículos 1 e 2 do GIBI ARTEVIDA ATREVIDA – VIVER, TEIMAR, RESISTIR, SENTIR, sendo que o terceiro fascículo resultará de um concurso direcionado a crianças e adoslescentes de Picos, através de um edital que será publicado no blog do projeto (artevidaatrevida.blogspot.com) no mês de outubro, onde a melhor história será selecionada e publicada no site do projeto, em fase de finalização, com foto do autor, entrevista e divulgação nos meios de imprensa locais.

As inscrições e formação das turmas para as oficinas de Teatro-Amador Popular Infanto-Juvenil nas comunidades carentes de Picos iniciarão em novembro/2011. No mês de outubro, estaremos firmando as parcerias com as escolas dos bairros atendidos pelo Projeto para podermos utilizar o espaço para as oficinas, sendo divulgado o local no ato das inscrições.

Enfrentamos muitos percalços. Inúmeras são as batalhas diuturnas que travamos. Quando as provações nos testam ao limite e ameaçamos esmorecer, recordamos que a luta por um mundo mais justo e fraterno é longa e árdua. Os resultados não são imediatos. Aparecem a médio e longo prazo. Assim continuamos teimando e resistindo da forma como podemos, dentro da limitação das condições objetivas que condicionam nossas opções e ações. Como diz a canção: “O que sai de mim vem do prazer. De querer sentir o que eu não posso ter. O que faz de mim ser o que sou, é gostar de ir por onde, ninguém for… Ir até que um dia chegue enfim.

Em que o sol derreta a cera até o fim…. Do alto coração, mais alto alto coração!…”. (SONHO DE ÍCARO, Biafra)

Finalizamos com o slogan do Projeto: VIVER É A ARTE DE TEIMAR. TEIMAR É RESISTIR. RESISTIR, É SENTIR-SE VIVO. SENTIR-SE VIVO, É ATREVER PELA ARTE. ARTEVIDA ATREVIDA!!!

Iael de Souza – Professora Assistente da Universidade Federal do Piauí – Campus Senador Helvídio Nunes de Barros e Coordenadora do Projeto de Extensão Artevida Atrevida

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade