ad16
AutoPECASonline24.pt
https://ead.uninta.edu.br/
GeminianoGeralMunicípiosPolíticaTodas as Notícias

PSD terá candidatura própria em Geminiano

Com objetivo de mobilizar a militância ás lideranças promoveram uma grande reunião na tarde deste sábado (29).

De olho nas eleições municipais deste ano, o PSD de Geminiano tem intensificado a filiação de várias lideranças políticas no município, onde, tem trabalhado para lançar uma candidatura majoritária. O partido tem conquistado adesões de ex-aliados importantes, tanto do prefeito Erculano Carvalho (Progressistas), que por sua vez busca a reeleição, como do ex-prefeito Tony Borges (MDB), que tenta voltar ao poder no município.


Por não concordarem com os rumos que a gestão vinha tomando nos últimos meses, o vice-prefeito Luiz Gonzaga (Solidariedade), juntamente com o presidente da Câmara Municipal, Chico Antão (Progresistas); os vereadores Milton Vieira (Progressistas), Maria do Amparo “a Neném de Azul” (Solidariedade), Mazé Campos (PTN) e o suplente de vereador Elisinho (PTB), decidiram propor ao gestor mudanças na forma de gerir os destinos do município.

Empresário Jailson Campos discursa durante encontro do partido.


Não havendo uma sinalização positiva por parte do prefeito Erculano Carvalho, o grupo decidiu entregar os cargos que detinha na administração e criaram uma terceira via para a disputa do pleito eleitoral. De acordo com os dissidentes do grupo, a falta de discursão coletiva e a concentração de poder a um pequeno número de integrantes do governo, foram um dos motivos que provocaram o rompimento político.


Além dos detentores dos mandatos, inúmeras lideranças declararam apoio ao grupo liderado pelo jovem empresário Jaílson Campos. Dentre os quais, estão o ex-candidato a prefeito Edmundo Galvão; suplente de ex-vereadores Homim de Biá, Luzimar Hipólito, Josinete Barbosa (ex- secretaria de Saúde), presidente do Sindicato Rural, Francisco Hipólito (Tota); ex-candidatos a vereadores Josino Tomé, Julinho, Cilozinho, Neném da Serra Branca e Ivonaldo Barbosa.


Se somam à frente da terceira via, os empresários Luís Borges, Lindomar Borges, Elson, Avam, o médico Nonato Monteiro, bioquímico Urbano Ibiapino e as lideranças políticas e comunitárias: Pedro Brito, Liduína do Assentamento União, Nayquiane da Baixa Grande, Maciel Melquiades, Franceilton da Baixa Grande, Flavio Araújo e os desportistas Antônio José e Samuel Barbosa, entre outas.


Segundo uma fonte com livre trânsito nos grupos políticos do município, a frente denominada de terceira via, deixou o grupo governista bastante desfalcado e enfraqueceu o grupo do ex-prefeito Tony Borges, mesmo ele contando com o apoio dos vereadores Genilda Moura, Novinho e Vanusa de Moura, todos do (MDB). Ainda de acordo com a mesma fonte, o ex-mandatário poderá não lançar uma chapa majoritária para a disputa do pleito.


Já o prefeito Erculano Carvalho conta apenas com apoio dos verdeardes Netinho (MDB) e Nego Edson (PTB), que vem encontrado dificuldades para recompor sua base eleitoral. Com objetivo de mobilizar a militância ás lideranças promoveram uma grande reunião na tarde deste sábado (29). Todos se concentraram na sede do município para o povoado Milhãs, uma das comunidades mais povoada da zona rural do município.

Etiquetas
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade