ad16
DestaquesEsporte

Título do Brasileirão rende ao Flamengo premiação de R$ 33 milhões

Verba ajuda a atenuar a queda de receita da temporada 2020 por causa da pandemia da Covid.

O título do Campeonato Brasileiro, conquistado na noite desta quinta-feira mesmo com a derrota para o São Paulo por 2 a 1, dá ao Flamengo a premiação de R$ 33 milhões, paga pela CBF. Se tivesse ficado na segunda colocação, o valor cairia para R$ 31,3 milhões, quantia que irá para a conta do Internacional.

A premiação é importante para atenuar o impacto financeiro que o clube teve por causa da queda de receita decorrente da pandemia da Covid-19 e da consequente ausência de público dos estádios. A previsão de receita caiu de R$ 726 milhões para R$ 677 milhões.

O sucesso no Brasileiro foi a única meta batida pelo time na previsão de orçamento para temporada 2020, que previa a chegada na final da Copa do Brasil e ao menos na semifinal da Libertadores. No caso do Brasileiro, a projeção era de terminar pelo menos em segundo.

Foto: KARIM JAAFAR / AFP

Para a temporada 2021, otimismo segue, e a previsão é de, por exemplo, chegar ao menos na semifinal da Libertadores. A estimativa é de alcançar uma receita de até R$ 953 milhões.

Veja a lista de prêmios em dinheiro e leia as observações no fim:

  • Flamengo: R$ 33 milhões
  • Internacional: R$ 31,3 milhões
  • Atlético-MG: R$ 29,7 milhões
  • São Paulo: R$ 28 milhões
  • Fluminense: R$ 26,4 milhões
  • Grêmio: R$ 24,7 milhões
  • Palmeiras: R$ 23,1 milhões
  • Santos: R$ 21,4 milhões
  • Athletico-PR: R$ 19,8 milhões
  • Bragantino: R$ 18,1 milhões
  • Corinthians: R$ 14,2 milhões
  • Ceará: R$ 13,2 milhões
  • Atlético-GO: R$ 12,2 milhões
  • Bahia: R$ 11,9 milhões
  • Sport: R$ 11,5 milhões
  • Fortaleza: R$ 11,2 milhões

OBS: Os valores-base são referentes a 2019, sem correção. As equipes rebaixadas não recebem valor algum. E os times que assinaram com a Turner na TV fechada (Inter, Palmeiras, Santos, Athletico-PR, Ceará, Bahia e Fortaleza) podem apresentar pequena variação.

Fonte: GE

Botão Voltar ao topo
Quer falar a Redação? Comece aqui

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Publicidade