ad16
EducaçãoGeral

Alunos aprovam merenda escolar oferecida pela SEME

[ad#336×280]A hora do recreio é um horário muito aguardado pelos estudantes, além do momento para brincar fora da sala, é nesse instante que os alunos participam da merenda escolar. Um cardápio variado oferecido pela Secretaria Municipal de Educação (SEME), que para alguns é a principal refeição do dia, agrada cada vez mais o público, principalmente com a inserção dos produtos da agricultura familiar.O município de Picos, através da SEME, adquire mensalmente alface, cheiro verde, pimentão, pepino, abóbora, macaxeira, acerola, melão, melancia, banana e mel de abelha que deixam a alimentação na escola mais saudável.

A nutricionista Helionildes Bizerra destaca que a presença desse tipo de alimentos na escola, melhora a qualidade das preparações oferecidas aos alunos e incentiva o consumo de alimentos regionais.

Nutricionista e alunos da rede pública-Foto: Ascom/ SEME
Nutricionista e alunos da rede pública-Foto: Ascom/ SEME

“É muito gratificante confirmar a aceitabilidade e o aproveitamento no consumo de frutas por alunos que desde o ensino infantil tem a oportunidade de consumir alimentos saudáveis e que favoreçam o seu crescimento e desenvolvimento. A educação alimentar direcionada a faixa etária desses alunos leva a adoção de práticas alimentares adequadas que irão promover a saúde e prevenir doenças aos mesmos”, enfatizou a nutricionista.

Para o secretário municipal de educação, Padre Walmir Lima, um dos critérios da sua gestão é ofertar aos educandos merenda de boa qualidade. “Procuramos inserir no cardápio da merenda escolar uma alimentação rica, nutritiva, sadia, balanceada. Sabemos da importância dessa alimentação para os alunos, por isso, nos preocupamos em oferecer merenda que contribua no processo de aprendizado e desenvolvimento físico deles”.

Padre Walmir Lima lembrou que a Secretaria Municipal de Educação de Picos conta com seis nutricionistas que elaboram os cardápios, verificam quantidades e orientam as compras e preparações dos gêneros alimentícios. Os profissionais também são responsáveis pela especificação de padrões de qualidade dos alimentos e das condições sanitárias das instalações, equipamentos e utensílios.

O aluno da Creche Tia Dorinha Xavier, Gabriel Kéven, de quatro anos, disse que gosta do lanche oferecido na escola. “A comida é muito legal, no dia que a merenda é frutas eu gosto demais, gosto muito mesmo é de melancia e banana”.

A merendeira Sônia Maria ressaltou que diariamente os alunos perguntam o que será servido na merenda. “Quando eles chegam já perguntam ‘tia o que será a merenda hoje?’ E quando é frutas eles ficam mais empolgados, acredito que as professores incentivam a importância de uma alimentação saudável”.

Além da oferecer frutas, verduras e legumes de qualidade, a implementação de produtos da agricultura familiar na merenda escolar estimula a produção econômica do município

 Ascom/SEME

Botão Voltar ao topo
Quer falar a Redação? Comece aqui

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Publicidade