ad16
PolíticaTodas as Notícias

Assis Carvalho chama prefeito Padre Walmir de “rebelde” e faz pouco caso com nome de Maria Santana

O presidente tem atuado em uma relação de pouco caso com a base e com alguns nomes de representação feminina, como o de Maria Santana.

O racha entre a base do Partido dos Trabalhadores(PT) e sua cúpula no Piauí, comandada pelo presidente estadual do PT, o deputado Assis Carvalho, tem mexido com as pré-candidaturas para as eleições municipais 2020 em Picos. O presidente tem atuado em uma relação de pouco caso com a base e com alguns nomes de representação feminina, como o de Maria Santana.

Em entrevista para a TV Antena, nessa última segunda-feira(13), Assis Carvalho chegou a dizer que o empresário Araujinho é o único nome registrado no PT para Picos e que considera ele o único pré-candidato para disputar a eleição pelo partido no município.

Deputado federal Assis Carvalho – Foto: Romário Mendes

No entanto, a jornalista e diretora do CIEM de Picos, Maria Santana, também é filiada ao PT há bastante tempo e tem sido considerada pelo Governador Wellington Dias e, principalmente, pela base, lideranças locais e ala feminina do PT, como um nome para concorrer à prefeitura.

Mesmo tendo Maria Santana como um nome do PT, Assis Carvalho tem atuado em não dialogar com a diretora do CIEM em busca de uma formação de chapa na eleição em Picos e interferir na escolha da base do partido, impondo nomes alheios à vontade de grande parte do PT e até mesmo da prefeitura.

Assis Carvalho x Padre Walmir

Além disso, o presidente estadual do PT tem travado uma guerra interna com o prefeito padre Walmir Lima, de forma velada pelo controle sobre o município e o futuro das eleições.

Também na entrevista para a TV Antena, Assis Carvalho comentou sobre a relação com o padre, chegando a chamá-lo de “rebelde”.

“Em 2016, ele estava muito rebelde, numa situação muito ruim, novamente fui para Picos, administrei a situação. Não é diferente agora, o filme apenas se repete. ‘Aqui e acolá’ aqueles rompantes do padre espalham algumas lideranças, mas a gente vai lá e dialoga”, afirmou Assis Carvalho.

A declaração do deputado parece colocar em xeque as últimas afirmações do prefeito padre Walmir, de que o presidente estadual do PT não deverá interferir nas eleições em Picos.

Fonte: Central de Notícias

Etiquetas
Botão Voltar ao topo
Fechar
Publicidade