ad16
DestaquesPolíticaTodas as Notícias

Assis diz que Araujinho se filia ao PT em dezembro

A declaração foi durante uma entrevista, ao vivo, no Jornal da Cultura, da Rádio Cultura FM de Picos.

O presidente do Diretório Regional do PT no Piauí, deputado federal Assis Carvalho, confirmou nesta quarta-feira (13) que o empresário Francisco da Costa Araujo Filho, Araujinho, vai se filiar ao Partido dos Trabalhadores no dia 6 de dezembro. Será uma filiação estadual, o que coloca o novo petista como um quadro importante para a sigla. A declaração foi durante uma entrevista, ao vivo, no Jornal da Cultura, da Rádio Cultura FM de Picos.

Empresário será candidato

Assis Carvalho confirmou o ingresso do empresário picoense no PT e ressaltou que ele – Araujinho – entra decidido a ser candidato a Prefeito de Picos: “O empresário Araujinho já solicitou a filiação ao partido. Pelo estatuto os nomes estaduais são filiados no Diretório Estadual para se apresentar como pré-candidato a prefeito de Picos em 2020. Como qualquer outro filiado. Vai disputar como qualquer outro filiado. Mas, me alegra muito estar recebendo o filiado Araujinho no dia 6 de dezembro”, ressaltou o parlamentar.

De acordo com o deputado Assis carvalho, existe uma comissão que é coordenada pela ex-senadora Ideli Salvati, da direção nacional, criada para a situação de possíveis candidaturas nos municípios em todos os estados. “Ela já tratou comigo sobre as preferências que são 36 cidades no Piauí. Como Teresina e a cidade de Picos, até pelo fato de já ser administrada por um prefeito do PT”, ressaltou.

Conversado com o governador

Conforme o Presidente do PT no Piauí há “um olhar nacional, estadual e municipal. Mas eu não tomo qualquer decisão sem escutar o governador. Quero deixar claro que a filiação do empresário Araujinho independe de qualquer situação dentro da gestão municipal. Uma coisa é uma filiação, um direito de um cidadão que está em dia com os seus direitos eleitorais. Se não tem nenhuma coisa dentro do estatuto que mostra que ele não pode ser filiado, então ele vai ser filiado como qualquer um outro filiado”, enfatizou.

Demissão de secretários

Ao responder a indagação de como ele – Assis Carvalho – estava acompanhando a situação da Administração do padre José Walmir (PT), que patrocinou várias exonerações de pessoas ligadas ao empresário Araujinho, o deputado Assis Carvalho disse: “Eu tenho procurado não me envolver nas questões internas do município; tendo em vista o meu papel que é trabalhar voltado para acompanhar as ações em nível estadual”, explicou.

Mesmo que afirme seu afastamento das diferentes situações envolvendo os municípios dirigidos por prefeitos petistas, Assis Carvalho declarou: “Se às vezes se faz isso – as demissões – sem fazer um bom diálogo, cada um tem o seu estilo. Então, eu tenho evitado dar qualquer opinião sobre decisões internas”.

Erro político

Ainda sobre as demissões realizadas pelo prefeito José Walmir, o deputado Assis Carvalho enfatizou: “Se essa decisão de fazer as exonerações, tem como justificativa algum desconforto por causa de um outro filiado, é um erro político. Mas, eu não vou entrar no mérito”, disse.

“Eu acho que, independentemente de fazer uma boa gestão ou não, a filiação partidária depende do partido. E, como presidente estadual do partido eu não tenho nenhuma situação que me impeça de receber a filiação do empresário Araujinho. Então, dia 6 de dezembro teremos a filiação estadual dele que para nós é motivo de grande satisfação”, acentuou

Além do município de Picos que, dependendo, das discussões dentro de PT de Picos, poderá ter o empresário Araujinho como candidato a prefeito do município, o Diretório Regional trabalha para apresentar candidtos a prefeito em mais de setenta municípios no Estado”, concluiu.

Por Erivan Lima/ Folha Picoense

Etiquetas
Botão Voltar ao topo
Fechar
Publicidade