ad16
Cidade

Bancários picoenses completam nove dias em greve

Banco do Brasil.
Bancários de braços cruzados em frente ao Banco do Brasil. Foto: Jailson Dias

Os bancários picoenses completaram nesta quinta-feira (06), nove de dias de adesão a greve nacional dos bancários que reivindica reajuste salarial, cumprimento da jornada de trabalho de seis horas semanais, participação nos lucros e resultados dos bancos. De acordo com o delegado regional do Sindicato dos Bancários do Piauí, Antônio Libório, a categoria aguarda a rodada de negociações que deve ocorrer nesta tarde.

Antônio Libório informa que 90% das agências picoenses estão fechadas: Caixa Econômica Federal (CEF), Banco do Brasil (BB), Banco do Nordeste do Brasil (BNB) e paralisação parcial da agência do Itaú. “Esperamos que a proposta agrade a categoria até pelo que os bancos lucraram, em torno de 25 bilhões de reais”, declarou.

Sobre o pedido de apoio à população picoense, Antônio Libório diz que a greve não é motivada apenas por reajuste salarial, mas também para reduzir taxas abusivas, juros e melhorar atendimento aos clientes.

“A população tem que se manifestar junto com a gente, todo mês temos uma reunião agendada com os banqueiros onde vamos discutir taxas de juros, convocação das pessoas que fizeram concurso e passaram para melhorar o atendimento dentro das agências”, declarou.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade