ad16
https://ead.uninta.edu.br/
AutoPECASonline24.pt
DestaquesPolítica

Candidatos a prefeito de Picos estimam gastos em R$ 1,6 milhão

Belê Medeiros (PSB), Kleber Eulálio(PMDB) e Gleuton Portela(PRTB)
Belê Medeiros (PSB), Kleber Eulálio(PMDB) e Gleuton Portela(PRTB)

Os três candidatos a prefeito de Picos podem gastar, juntos, até um milhão e 600 mil reais na campanha eleitoral deste ano. Os dados com a previsão de gastos dos concorrentes ao Palácio Coelho Rodrigues estão disponíveis no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), através do link DivulgaCand/2012.

O maior teto registrado foi o da coligação “Unidos para fazer muito mais”, formada pelos partidos do PSB, PRP, PP, PPS, PMN e PV, que tem como candidata a prefeita a deputada Belê Medeiros (PSB). Ela estabeleceu como valor máximo de gastos 800 mil reais.

O deputado Kléber Eulálio (PMDB), candidato da coligação “A mudança que o povo quer”, composta pelos partidos do PMDB, PT, PTB, PSDB, PCdoB, PDT, PSD, PTC, PSL, PSD, PTdoB e DEM, apontou como previsão máxima de gastos 600 mil reais.

O advogado criminalista Gleuton Portela, concorrente ao Palácio Coelho Rodrigues pela coligação “Com Deus e o povo” (PRTB), fixou como teto máximo de gastos na campanha eleitoral 200 mil reais.

Os valores são uma estimativa do limite de gasto máximo para a campanha e podem ou não ser efetivamente empenhados. Pela lei, gastar recursos além do valor máximo pode resultar em multa. Uma resolução do TSE, no entanto, permite a ampliação do limite durante a campanha mediante solicitação justificada com a autorização da Justiça Eleitoral.

Pela legislação atual, a verba destinada para as campanhas é oriunda tanto de recursos privados – por meio de doações, por exemplo – quanto de recursos públicos – por meio do Fundo Partidário.

Com informações TSE

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade