ad16
DestaquesTodas as Notícias

Coren-PI desinterdita serviços de enfermagem do Hospital Dr. Oscar

Unidade de saúde foi desinterditada após reunião com representantes legais.

O Conselho Regional de Enfermagem do Piauí (Coren-PI), recebeu, na manhã dessa segunda-feira (18), os representantes legais da Casa de Saúde e Maternidade Nossa Senhora dos Remédios – Hospital Dr. Oscar, localizado no município de Picos, que teve os serviços de enfermagem interditados eticamente na última sexta-feira (15), em virtude de irregularidades e ilegalidades constatadas através de fiscalizações de rotina.

A reunião tinha como pontos principais, o pedido de desinterdição da instituição e a comprovação da contratação de enfermeiros para cobrir as 24h de plantão para fins de assistência, bem como a formalização e assinatura de um Termo de Ajuste de Conduta (TAC), no qual o Hospital se compromete a sanar as demais irregularidades que não podem ser resolvidas de forma imediata, como mudanças estruturais do serviço, melhores condições de trabalho dos profissionais de enfermagem e segurança do paciente. Com relação a essas irregularidades, haverá um prazo definido para cumprimento e o Coren-PI irá acompanhar a execução do termo.

Desinterdição do Hospital Dr. Oscar – Foto: Ascom Coren

Participaram da reunião, a presidente do Coren-PI, Dra. Tatiana Maria Melo Guimarães; o chefe de fiscalização do Conselho, Dr. Arthur Antunes; o procurador jurídico da Autarquia, Dr. Daniel Carvalho; a administradora da instituição, Dra. Jadilva Holanda de Sousa e o enfermeiro técnico responsável, Dr. Jackson de Moura Martins.
Paralelo a isso, a equipe de fiscalização do Coren-PI esteve recentemente na subseção do Conselho, em Picos, acompanhando o andamento da interdição ética do Hospital, bem como conversando e orientando os profissionais de enfermagem.

Em parecer emitido pela presidente da Autarquia Federal, Dra. Tatiana Guimarães, optou-se pela desinterdição ética dos serviços de enfermagem da Casa de Saúde e Maternidade Nossa Senhora dos Remédios – Hospital Dr. Oscar, em virtude da contratação de enfermeiros para cobertura de plantão 24h de domingo a domingo, e da agilidade e interesse da referida instituição em solucionar os problemas existentes, como apontado acima. Coube a equipe de fiscalização, fazer a desinterdição in loco do Hospital.

Para a presidente do Coren-PI, a ação realizada por parte dos representantes legais do Hospital foi mais que positiva. “Os representantes da instituição fizeram o contato com o Conselho e realizaram a contratação de profissionais enfermeiros que era o maior problema a ser sanado nessa interdição. Após isso, solicitaram a desinterdição do serviço junto ao Coren-PI e um termo foi emitido, permitindo que o serviço de enfermagem possa retornar as suas atividades normais”, disse Tatiana.

Foto: Coren-PI

Tags

Leia Também