ad16
Geral

Em um ano 80 estabelecimentos se regularizaram junto ao Corpo de Bombeiros

Tenente Cléia
Tenente Ana Cléia fala sobre os projetos de combate a incêndio.

A promotora Joselisse Nunes de Carvalho Costa encaminhou uma recomendação a Companhia Destacada do Corpo de Bombeiros de Picos para que proceda com a notificação aos estabelecimentos comerciais para que elaborem o plano de segurança com o objetivo de combater incêndios.

A comandante da Companhia, tenente Ana Cléia Diniz Santos informou que em apenas um ano, 80 comerciantes e empresários procuraram os bombeiros para elaborar o projeto e regularizarem a sua situação. “Estou enviando para a promotora o nome de 11 estabelecimentos que foram notificados e que ainda não vieram se regularizar junto ao Corpo de Bombeiros”, explicou a tenente.

[wp_cycle]

A recomendação foi encaminhada pela promotora ainda no dia 09 de setembro e até esta segunda-feira (02) 50 estabelecimentos foram notificados, dos quais apenas 11 não se pronunciaram.

O projeto de elaboração de um plano de combate a incêndio não é necessário apenas para as casas de shows, mas a todos os estabelecimentos comerciais. Segundo a tenente os proprietários de clínicas de saúde e farmácias se mostraram mais ágeis e procuraram imediatamente os bombeiros. “Tem toda aquela questão de segurança com os pacientes, com os clientes”, explicou.

Ao se dirigirem ao Corpo de Bombeiros, os empresários pagam uma taxa de vistoria que custa em torno R$127,80. Com isso os militares vão até o estabelecimento solicitado e fazem a vistoria.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade