ad16
DestaquesTodas as Notícias

Ensino Superior chega a todos os municípios do Piauí

Com a instalação de mais 63 polos da Uapi, o Piauí chega a marca histórica de ter a presença do Ensino Superior em todos os municípios.

Na manhã deste sábado (29), o governador Wellington Dias participou da aula inaugural da terceira etapa da Universidade Aberta do Piauí (Uapi), em transmissão ao vivo pelo Canal Educação para mais de três mil alunos por todo o estado. Com a instalação de mais 63 polos da Uapi, o Piauí chega a marca histórica de ter a presença do Ensino Superior em todos os municípios.

Com a Uapi, o Ensino Superior chega às mais distantes cidades do interior do estado, possibilitando a universalização da modalidade em todo os municípios piauienses, por meio também da Universidade Estadual do Piauí (Uespi), da Universidade Aberta do Brasil (Uab) e das demais Instituições de Ensino Superior (IES) públicas.

“Estamos dando início às aulas em mais 63 polos da Universidade Aberta do Piauí. Com isso, considerando os cursos presenciais e com o uso da tecnologia avançada, estamos garantindo o Ensino Superior nos 224 municípios do Piauí. Pessoas que não teriam condições de estudar, agora tem, porque chegou essa oportunidade na cidade em que moram, em Acauã, em Cocal dos Alves, em Pedro Laurentino, em São Miguel do Fidalgo, em Floresta, ou seja, nos mais diferentes lugares em todos os territórios do Piauí”, afirmou o chefe do Executivo estadual.

Wellington Dias reforçou ainda que a presença desses saberes em suas localidades  ajudarão a criar um Piauí com um forte alicerce. “Isso vai fazer uma diferença muito grande. Está sendo oferta o curso de Bacharelado em Administração, com foco no empreendedorismo, e oportunizando as pessoas a empreender, a partir deste conhecimento. Mas também qualificações para a área do turismo, contabilidade, qualificações voltadas para a própria educação: matemática, química, física, inglês, espanhol, biologia, que muitas vezes tínhamos dificuldades de professores para fazer a educação básica. Então, tudo isso faz com que o Piauí tenha um alicerce sólido, que vai permitir um desenvolvimento para 224 municípios, eu acredito muito no que estamos fazendo hoje”, ressaltou.

Para o secretário de Estado da Fazenda e coordenador-geral do PRO Piauí, Rafael Fonteles, a presença do Ensino Superior em todos os municípios do Piauí é uma oportunidade única para os piauienses que querem ter um curso superior sem precisar sair de sua cidade.

“É um marco histórico ter a universidade pública, de qualidade em todos os 224 municípios do Piauí. Então, os últimos 63 municípios que recebem as aulas da Universidade Aberta do Piauí, em convênio da Seduc e com a Universidade Estadual, um curso de boa qualidade. A pandemia provou que a mediação tecnológica, a aula a distância, com a possibilidade de interação, tem bons resultados. Portanto, é uma oportunidade única para os piauienses terem um curso superior sem sair dos seus municípios, isso vai ter um impacto muito grande, porque vai fixar o conhecimento e vai gerar mais desenvolvimento nessas cidades”, declarou o gestor.

De acordo com o secretário de Estado da Educação, Ellen Gera, a mediação tecnológica é de extrema importância para esse marco na educação superior no Piauí. “A Seduc conta, hoje, com um sistema de educação por mediação tecnológica que permite aulas interativas. São seis estúdios à disposição dos professores e professoras da rede estadual de educação, que, a princípio, era utilizado para Ensino Médio, para EJA, Educação Profissional, formação de professores e que, durante a pandemia, foi utilizado para garantir as aulas remotas e híbridas durante todo esse tempo que passamos de pandemia”, detalhou Ellen Gera.

O professor Gilberto José, do município de Acauã, parabenizou o Governo do Estado pela iniciativa e mudança de vida que está propiciando às pessoas. “ Lembro que fiz o ginásio indo de bicicleta todos os dias para Paulistana e que fiz o curso superior no curso de férias da Uespi. Hoje, ver tantos jovens tendo a oportunidade de acesso ao Ensino Superior sem precisar se deslocar do município é muito bom. Ainda mais que temos uma tendência natural para o empreendedorismo e precisamos de administradores para gerirem as nossas riquezas, a exemplo do mel. Com certeza, o futuro saberá reconhecer esse passo dado agora pelo governador Wellington Dias em prol da educação”, disse.

O aluno Rogério, de Inhuma, que já está no 5º período do curso de Administração, destacou que graças ao curso, ele despertou o seu lado empreendedor. “Hoje, com o plano de negócio, consigo gerir muito melhor a minha empresa”, comemorou.

Na aula inaugural, os novos alunos da Uapi receberam as orientações de funcionamento do programa com a equipe de coordenadores e assistiram a duas palestras com foco em Administração e Empreendedorismo: do vice-presidente do Conselho Nacional de Administração, Rogério Ramos, e do presidente do Conselho Regional de Administração do Piauí, Roberthy dos Santos Barbosa.

O momento contou ainda com a presença do Reitor da Uespi, Evandro Alberto, do presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa (Fafepi), Antônio Cardoso do Amaral, da deputada federal Rejane Dias e coordenadores.

Fonte: CCOM – PMP

Fotos: Roberta Aline

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.