ad16
DestaquesGeralPolíciaTodas as NotíciasVídeo

Furto de dinheiro teria motivado a morte de Edimar Bringeo

[ad#336×280]Após um ano e três meses de investigações, a polícia conseguiu desvendar o assassinato do cantor Edimar Bringeo. No início na manhã de hoje (4), a Polícia Civil, comandada pelo delegado Tales Gomes prendeu o suspeito de encomendar o crime, Sivoney Clementino Barros, que é primo da vítima. Sivoney foi preso no seu local de trabalho, no Hemocentro Regional de Picos.

Em entrevista ao Jornal 95, da Rádio Cidade Modelo FM, o delegado Tales Gomes informou o motivo que levou a morte do seresteiro, de acordo com as investigações da polícia.

VEJA VÍDEO COM ENTREVISTA DO DELEGADO TALES

Segundo Tales, tudo começou após um furto de um dinheiro. “Uma irmã de Sivoney foi conhecida por Edimar como sendo a pessoa que estava subtraindo o dinheiro da conta corrente de sua tia”, disse o delegado.

Sivoney Clementino Barros-Foto: Marta Soares
Sivoney Clementino Barros-Foto: Marta Soares
Edimar Bringeo - Foto: diaadiapicos.com.br
Edimar Bringeo – Foto: diaadiapicos.com.br

Ainda de acordo com Tales, por conta disso, na época, foi instalado um inquérito policial e a irmã de Sivoney foi indiciada como a suspeita da subtração do dinheiro da conta.

Tales informou que o fato gerou um atrito na família e Sivoney começou a ameaçar Edimar. “Durante as oitivas pessoas próximas ao cantor relataram que ele comentou, dois meses antes de morrer, que estava sofrendo ameaças de Sivoney”, informou Tales.

A demora para a conclusão do caso, de acordo com o delegado Thales Gomes, ocorreu devido ao medo que a família do pistoleiro Tiago impõe na região. “Muita gente sabia o que tinha acontecido, mas dificultava as informações“, disse Thales, acrescentando que Tiago também estaria envolvido na morte do empresário Epaminondas Coutinho, em Picos, assassinado em julho de 2013.

Agora, a polícia trabalha para capturar o autor do disparo. “Sabemos o paradeiro dele. Estamos no encalço dele e vamos capturá-lo”, declarou.

Delegado Tales Gomes
Delegado Tales Gomes

O inquérito deverá ser concluído em 30 dias. Sivoney foi encaminhado para Teresina, no qual prestou depoimento e em seguida será levado para a Penitenciaria José de Deus Barros, em Picos.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.