ad16
DestaquesPolíciaTodas as Notícias

Homem faz mulher refém em carro e atropela policiais em frente à Delegacia de Picos

Segundo a mulher, suspeito queria matá-la e afirmou que mataria os policiais que saíssem da delegacia e depois tiraria a própria vida.

Na noite desta sexta-feira (02), um homem, identificado pelo nome de Washington Oliveira Granjeiro de Santana, foi preso suspeito de atentar contra a vida de policiais do 4º BPM em frente à Delegacia Regional de Polícia Civil de Picos. No momento do crime, ele fazia uma mulher de refém no carro em que estava.

Washington Oliveira Granjeiro de Santana

De acordo com informações repassadas pelo Major Elias, a guarnição ia saindo da delegacia, onde respondia a uma outra ocorrência, quando visualizou um carro Fiat Uno Vivace, placa NIR7E44, seguindo em sua direção em arranque.

Os policiais saltaram de suas motocicletas a fim de não serem atropelados. O motorista deu ré e os PM’s deram ordem de parada, contudo ele não obedeceu. Os agentes de segurança tiveram que disparar dois tiros contra o pneu do veículo, e esse estancou.

Pediram que o suspeito saísse do carro e, após muita resistência, ele saiu, contudo, bem agressivo, proferindo palavras de baixo calão contra os policiais, o que fez com que estes utilizassem da força para contê-lo. Neste momento, ele chegou a ferir um dos PM’s no rosto e pescoço.

Neste momento, uma mulher aproxima-se dos policiais e informa que ela estava no carro também. Que Washington estava tentando matá-la e que, ao passar em frente à delegacia, ele afirmou que tiraria a vida dela, dos primeiros policiais que saíssem do local e depois se mataria.

Ao jogar o carro contra as motocicletas, o carro atingiu, com uma das motos, uma viatura que estava à frente da delegacia.

Ela disse que quando ele arrancou o carro em direção aos policiais, ela pulou do veículo. O homem ficou preso ali mesmo na Central de Flagrantes, após ter sido contido pelos PM’s com a ajuda dos policiais civis.

Botão Voltar ao topo
Quer falar a Redação? Comece aqui

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Publicidade