ad16
Geral

Justiça Itinerante inicia atendimentos na cidade de Picos

Justiça Itinerante atende população picoense. Foto: Jailson Dias
Justiça Itinerante atende população picoense. Foto: Jailson Dias

A Justiça Itinerante iniciou os seus trabalhos na cidade de Picos na manhã desta terça-feira (23). Os ônibus do Tribunal de Justiça do Piauí e da Defensoria Pública podem ser vistos estacionados em frente a Escola Normal Oficial de Picos, Rua São Sebastião, N° 49-Centro, onde acontece o atendimento a população. Segundo o juiz da Comarca de Itaueira, Max Alcantara, o projeto Justiça Itinerante oferece a possibilidade da resolução rápida de problemas jurídicos.

Há sete anos que o projeto Justiça Itinerante vem atendendo as populações dos municípios piauienses através de parcerias com prefeituras e órgãos públicos que oferecem a logística necessária para o desenvolvimento do trabalho. Dentre os órgãos parceiros nesse trabalho podem ser mencionados o Cartório Eleitoral, Secretaria de Segurança Pública do Piauí, SEBRAE, INSS, Secretaria de Saúde, oferecendo serviços como medição de pressão arterial, exames de glicemia.

A Prefeitura Municipal de Picos é uma parceira direta da Justiça Itinerante através de serviços como emissão de documentos (RG e CPF), Alistamento Militar, Passe Livre, além de informações sobre o Programa Bolsa Família.

O juiz lembra ainda a realização do casamento comunitário que será realizado na sexta-feira, a partir das 16h no Colégio Santa Rita. Casais interessados em oficializar a união podem procurar os cartórios do 3° e 4° Ofício de Picos e apresentar a documentação necessária para a habilitação.

Outro serviço oferecido nesse trabalho da Justiça Itinerante é o exame de DNA, possível através de uma parceria com um laboratório. O juiz Max Alcântara explica que o exame não é gratuito, podendo ser realizado pelo valor de R$ 200,00. “Nós temos uma parceria com um laboratório que reduziu esse valor para 200,00. Todos os demais serviços são gratuitos e voltados para pessoas carentes a exceção do exame de DNA”, explicou.

Além de oferecer serviços de utilidade pública à população o projeto Justiça Itinerante também oferece a possibilidade de maior celeridade nos serviços do Poder Judiciário, encontrando soluções jurídicas com rapidez. Até o momento ainda não é possível estabelecer uma estimativa de quantas pessoas poderão ser atendidas até a sexta-feira (26) quando o trabalho será encerrado. Com a divulgação a procura deve aumentar gradualmente.

Botão Voltar ao topo
Quer falar a Redação? Comece aqui

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Publicidade