ad16
AutoPECASonline24.pt
CidadeDestaques

Poluição sonora continua sendo um problema em Picos

Carro de Som
Poluição sonora persiste na cidade de Picos. Foto: Edson Costa

Leis já foram elaboradas e audiências públicas realizadas, mas o problema da poluição sonora persiste na cidade de Picos, especialmente no centro, próximo a escolas e hospitais. O secretário municipal de Meio Ambiente, Antônio Evencio, reconhece a existência do problema, mas enfatiza que a fiscalização persiste.

Três funcionários fazem o trabalho de fiscalização dos veículos de propaganda volante e estabelecimentos comerciais, utilizando os decibelímetros, aparelhos que permitem medir o volume do som e descobrir se a lei está sendo infringida.

De acordo com o secretário a fiscalização teria sido intensificada aos finais de semana no centro do município de Picos. Como exemplo de experiência bem sucedida, ele cita a praça do bairro Junco, onde os incômodos paredões de som foram proibidos. “Aquele que não quiser se adequar, com certeza será punido”, declarou.

Em parceria com órgãos como a Polícia Militar, Polícia Civil, Detran e Polícia Rodoviária Federal (PRF), a Secretaria de Meio Ambiente realizou um cadastro dos veículos de propaganda volante, no entanto, Antônio Evencio explica que outros veículos surgiram nos últimos meses, e esses comerciantes não conhecem a lei e terminam multados, caso não paguem, o veículo é apreendido. Em Picos existem pelo 25 proprietários de veículos de propaganda volante cadastrados junto a Secretaria.

A Prefeitura Municipal fez a doação de dois decibelímetros para que os policiais militares possam auferir o som quando solicitados por algum cidadão incomodado com paredões de som ou propaganda volante. “Foi um pedido meu para o prefeito, para que pudéssemos disponibilizar a Polícia Militar com dois decibelímetros”, explicou.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade