ad16
AutoPECASonline24.pt
EconomiaGeralMunicípios

SEBRAE realiza encontro para pequenos empresários e poder público

Roberval Sousa, palestrante e consultor do SEBRAE nacional-Foto: Romário Mendes

Por Romário Mendes

Da Redação

Foi realizado na manhã de hoje (10) na sede do SEBRAE de Picos o “Fomenta Piauí”, um encontro com representantes do poder público e empresário da região para debater estratégias e inteirar os microempresários que desejam oferecer seus produtos e serviços a instituições e órgãos públicos.

“Esse evento visa à interação entre os empresários e o poder público. E a nossa ideia é aproximar as duas partes para que eles compreendam qual é a  relação entre um e outro”, diz Roberval Sousa, palestrante e consultor do SEBRAE nacional.

 Roberval frisa ainda que o “Fomenta” é realizado em todo Brasil, uma vez que o SEBRAE adotou a iniciativa de divulgar a Lei Complementar 123/06, que trás benefícios para os micro e pequenos empresário. “O SEBRAE tomou pra si essa responsabilidade e vem ajudando os municípios a implantar a Lei”, ressalta.

Evento é uma iniciativa do Sebrae em todo o país - Foto: Maria Moura

O evento contou com as presenças de Delano Câmara, conselheiro substituto do TCE, e Josias Teixeira, analista de governo do Banco do Brasil, que explicaram ao público presente detalhes importantes acerca das licitações que envolvem órgãos públicos.

Delano relata que em determinados lugares é viável a união de pequenas empresas e o poder público, pois essa seria uma forma de igualar pequenos empresários com as empresas de grande porte na competição por uma licitação. “Esta união é uma forma de proporcionar à administração uma maior concorrência e a possibilidade de preço mais acessível, porque muitas vezes em uma determina região não há muitas grandes empresas”, explica.

Josias Teixeira relata que o Banco do Brasil disponibiliza para os pequenos empresários uma ferramenta de compras que é usada pelo poder público para fazer a aquisição de bens. “A ferramenta está disponível na internet: o poder público faz a adesão para realizar suas compras e o pequeno empresário procura a agência do Banco do Brasil para se cadastrar e vai participar das licitações que o poder público lançarem diretamente no portal”, concluiu.

Evento atraiu empresários e autoridades do poder público - Foto: Maria Moura

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade