ad16
CidadePolítica

Vereadores comentam cancelamento da sessão desta quinta-feira (22)

Câmara Municipal
Vereadores comentam não realização da sessão.

A 26ª sessão ordinária da Câmara Municipal de Picos que seria realizada na tarde desta quinta-feira (22) não aconteceu por conta de falta quórum no horário estabelecido. De acordo com o Regimento Interno da CMP as sessões devem iniciar às 15h, havendo a carência de quinze minutos. Na tarde desta quinta-feira apenas o Vereador Hugo Victor (PMD) estava no Plenário Pedro Barbosa no horário legitimo.

Às 15h20 o Secretário Geral da CMP, João Marcos Rufino declarou cancelada a sessão. Em seguida os vereadores Diógenes Medeiros (PPS), Manoel Vieira (PMDB), Rinaldinho (PMDB), Iata Rodrigues (PSB), Antônio Afonso (PP) chegaram à Câmara Municipal. Contudo, obedecendo às normas do Regimento Interno, a sessão não pode ser iniciada uma vez que o quórum mínimo é de cinco.

O Vereador Hugo Victor lamentou a não realização da sessão ordinária, destacando que projetos importantes deixaram de ser votados. “O nosso compromisso é estar aqui às 15h e infelizmente esse compromisso não foi respeitado. Tínhamos muitos projetos e requerimentos para serem votados e apresentados, respectivamente. Sem dúvida, o público que veio assistir perdeu bastante”, explica o vereador.

Hugo Victor chegou a afirmar que poderia ter havido combinação entre os vereadores para não comparecerem à sessão por conta da manifestação dos professores da rede municipal que estão em greve.

O Presidente da CMP, Iata Rodrigues (PSB) destaca que não acredita em combinação. Segundo ele, o que aconteceu foi uma coincidência de atrasos. “Lamentavelmente o que aconteceu foi uma coincidência. Não acredito em combinação entre os vereadores até mesmo porque comparecemos, contudo não podemos contrariar o Regimento Interno. Sem dúvida nós perdemos e a sociedade também perde porque projetos e requerimentos não foram votados hoje, mas serão votados na próxima semana”, afirmou.

Iata Rodrigues (PSB) pediu desculpas aos presentes no Plenário Pedro Barbosa, à imprensa e à sociedade picoense que acompanha as sessões da CMP através do rádio e da internet.

ASCOM

Botão Voltar ao topo
Quer falar a Redação? Comece aqui

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Publicidade