ad16
GeralPolítica

Vereadores discutem sobre desfile de 7 de Setembro e citam Kléber Eulálio e Belê

Câmara Municipal de Picos.
Debates começam a se acirrar na Câmara Municipal. Fonte: Jailson Dias

O desfile cívico de 7 de setembro já passou, mas ainda assim foi alvo de debate na sessão ordinária da Câmara Municipal de Picos realizada na tarde da quinta-feira (08). Enquanto a base situacionista parabenizava a Prefeitura Municipal pela sua participação no desfile, os oposicionistas criticavam e alegavam falta de organização. Também esteve em pauta possíveis vaias de partes do público durante a passagem de alguns pelotões pela Avenida Nossa Senhora de Fátima.

Embora o desfile cívico-militar tenha sido um dos alvos centrais de discussões, os nomes dos deputados estaduais Kléber Eulálio (PMDB) e Tazmânia Gomes de Medeiros, Belê (PSB), eram citados constantemente pelos dois lados que compõe o equilíbrio de poder na Câmara Municipal. Um dos principais acirramentos foi protagonizado pelos vereadores Diógenes Medeiros (PPS) e Edilson Alves de Carvalho (PP).

Enquanto fazia seu pronunciamento na tribuna o vereador Diógenes se negou a conceder um aparte ao vereador Edilson Alves. “Vereador, você já falou demais”, disse Diógenes alegando que já tinha cedido muitas oportunidades de diálogo ao parlamentar. Sem usar o microfone Edilson disse que pediria à mesa diretora “questão de ordem”.

O debate continuava e os parlamentares decidiram medir a popularidade da administração e também de setores da oposição que desfilaram no 7 Setembro. Ambos os lados da Câmara Municipal sustentaram que vaias foram dirigidas aos seus adversários políticos. Diógenes alegou que na festa da Prainha o prefeito Gil teria sido aplaudido pelo “povão” e que a deputada Belê teria sido ovacionada.

Puxando o tom para o que realmente interessava no momento, Diógenes declarou: “Eleições não se ganham com o voto da elite, se ganha com o voto do povo” e continuou: “a imagem que a elite tenta jogar não condiz com a realidade”.

O eixo da discussão foi deslocado mais uma vez quando Diógenes afirmou que a deputada Belê havia sido a parlamentar que tinha conseguido mais obras para Picos em menos tempo. Sobrinho do deputado Kléber Eulálio, o vereador Hugo Victor (PMDB) retrucou e citou o trabalho do líder do governo na Assembléia Legislativa pela cidade nas últimas décadas. “Se você pegar a história de Picos vai ver as grandes obras que o deputado Kleber trousse para Picos”, protestou o vereador.

Quando subiu a tribuna o presidente Iata Anderson (PSB) tentou serenar os ânimos e, quando decidiu fazer um elogio ao desfile cívico-militar teve de assistir a mais uma troca de farpas entre oposição e situação, com direito a ofensas pessoais. Até pouco tempo os vereadores comemoravam o serenamento dos ânimos, mas com a proximidade das eleições a sessão de ontem deixou claro que os debates serão cada vez mais fervosoros até outubro de 2012.

 

Botão Voltar ao topo
Quer falar a Redação? Comece aqui

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Publicidade